Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

: Blog

28-11-2013

A joaninha Ana

Era uma vez... a joaninha Ana, rebelde e carinhosa, que de bela era...

A joaninha irrequieta, que no entanto, vivia ao sabor das circunstâncias.... Para ela o importante era sempre e primeiro a opinião dos outros....

Um dia, quis mais... quis vencer os seus próprios limites... e apagou as pintas da sua capa, com rispidez…

Queria mais.... queria pintas especiais… pintadas por ela.... E, assim, diariamente, começou a pintar, na sua capa desnudada, pintas novas e coloridas... imensas, de todas as formas e tamanhos...

Mas...e há sempre um mas...a Dona chuva resolveu dar uma lição à joaninha Ana... E, assim, por mais pintas que a joaninha pintasse, mais a Dona chuva as apagava...

Desconsolada... a joaninha... chorou....

A partir daí, já ninguém cantava para ela: "Joaninha voa, voa....."...

Tinha perdido o essencial... e deixou de voar...

Até ao dia em que passou por ela um menino sonhador....

O menino encantou a joaninha.... e ensinou-a a pintar com o coração........ Se pintasse com o coração, não mais a Dona chuva conseguiria apagar as suas pintas...

E assim foi... A joaninha tornou-se outra......

Mudou a sua vida... acreditou nela ......

Um dia... o menino sonhador cantou para ela: "Joaninha voa, voa..."

E ela voou, voou... incansavelmente, como nunca tinha voado... bem alto.... Foi feliz...

Tocou o céu!....

E... quando voltou para baixo..... o menino sonhador tinha partido...

Eram personagens de tempos diferentes....

Nesses dia... a joaninha percebeu que.... as flores também choram..............

 

10-11-2013

O príncipe e a pequena flor silvestre...

Era uma vez um príncipe rebelde, corajoso e sonhador... que vivia lutando pela verdade e justiça no Mundo...

Tinha percebido que  a verdade e o amor eram a palavra, o acto e a alegria...

Mas, faltava-lhe um olhar mais para cima.... mais alto...

Sem saber como... perdeu-se no emaranhado dos dias...

Num desses dias.... encontrou no caminho, uma pequena flor silvestre....

Encantado por aquela pequena flor, sentou-se ao seu lado...e sentiu um perfume doce a encantá-lo...

Percebeu que a pequena flor silvestre lhe encantava o coração docemente...

O príncipe ficou absorto nos seus próprios sonhos e... viu nascer o Sol...

Mas não percebeu que era uma flor do Sol...

Todos os dias... o príncipe corria para junto da pequena flor...

Mas.... o príncipe um dia....................... quis mais... quis que a pequena flor silvestre falasse com ele....

Seria um sonho, seria o impossível.... mas não desistiu de querer....

E um dia..... o vento agreste que passava por ele sibilou..."para ganhares terás que perder"...

Então o príncipe partiu à descoberta dele próprio e do Mundo...

Quis parar a luz, quis vencer o Sol....

Aprender o que pudesse...

Quis ser a luz!...

Percorreu o Mundo, percorreu a vida... Aceitou o Bem e venceu o mal...

Para conseguir que a flor falasse ele tinha que perder....

Mas.... ele ganhou....

A pouco e pouco, por saudades, a pequena flor silvestre foi perdendo a cor....

A flor não tinha percebido de que uma flor só valia pelas suas pétalas...

Ninguém soube porquê...... mas o príncipe nunca mais encontrou o caminho para trás.....

Não mais voltou a ver a pequena flor silvestre..........

No caminho.... alguém foi a seta que mudou o destino........

 

09-11-2013

Construir um Mundo melhor...

Porque é necessário... porque é a nossa vida... e porque a vida é demasiado curta....

O caminho de um Mundo melhor é feito de vários passos:

O 1º passo, é o respeito pelo outro... Perceber que o outro ser humano é uma parte de nós e que a harmonia resulta de uma plena integração no todo.

O outro ser humano deve ser respeitado… nos seus direitos mais elementares… nas mais pequenas coisas… Viver sem atropelos, sem guerras… respeitando o espaço do outro... perceber que o outro muitas vezes é o nosso espelho.

O 2º passo é amar... aprender a amar… viver a vida… amando. Viver com amor e pelo amor... Viver amando… até cada minuto que passa.

Compaixão e partilha, generosidade e dádiva. Pensar no bem comum como parte do nosso próprio bem. Ajudar os outros como lema.....

O 3º passo da caminhada para um Mundo melhor consiste na paz, serenidade e tranquilidade... Em nós, com os outros e com o Mundo. A tranquilidade do quotidiano a envolver-nos sempre, onde quer que estejamos, como o ar que respiramos... O bem estar… o sentir-se bem consigo próprio e com os outros... O sentir-se bem com o Mundo..... Pensar o Bem e agir bem. Sentir-se em paz consigo e com os outros…

O 4º passo é acreditar que é possível mudar... acreditar que podemos e devemos mudar a nossa maneira de pensar... a raiz de todas as fraturas...

Pensar que é possível pensar positivo... Pensar no bem comum para o nosso próprio bem… O cerne da maioria dos problemas e obstáculos está na nossa maneira de pensar... a maneira como interpretamos as diferentes situações...

........................................................

Saber interpretar a vida nos seus diversos componentes: afectivo, físico, mental e espiritual.

Saber interpretar a nossa missão, o nosso objectivo de vida...

Perceber que nas pequenas coisas que devemos começar para mudar o Mundo para melhor... É caminhando que podemos ser felizes

É não deixarmo-nos ir no comboio do desespero, da descrença e da derrota...

Não entrar no Mundo de superficialidade, de ostentação, da arrogância, do materialismo... é estar a caminhar para um Mundo melhor...

Não se deixar iludir pela ilusão da fama e do poder... é estar a caminhar para um Mundo Melhor....

Não se deixar iludir pelo EGO... é continuar a caminhar..........

 

17-10-2013

A zona de conforto....

A zona de conforto consiste num espaço invisível que todos temos e que criamos com o objectivo, pensamos, de ter conforto, segurança e bem estar. A finalidade é basicamente sentirmo-nos bem, ter um prazer imediato, centrado no momento e fugir à dor....

A Sociedade educa-nos a escondermo-nos nesta zona de conforto, ter medo do desconhecido e fugir à dor.

Na vida temos duas hipóteses como seres humanos: Enclausurarmo-nos nesta zona de conforto...ou sair dela!

Permanecer na zona de conforto pressupõe que nos sintamos seguros, confortáveis e bem! Mas não estamos verdadeiramente! Nem seremos felizes certamente... Nem nunca nos sentiremos realizados.... Porque perdemos a nossa liberdade, a capacidade de sonhar e de ser criativos… Perdemos a possibilidade de nos descobrirmos.... Atrofiamo-nos como seres humanos. A vida torna-se pequena, detrás da capa da pseudo-segurança… Mentimo-nos a nós próprios... Em troco de quê?....

O que não percebemos é que.... se fugirmos da dor... ela persegue-nos!...

..............Se a enfrentarmos, vamos vencê-la!

Sair da zona de conforto pressupõe dor, a dor e o medo do desconhecido, sair do castelo do medo.... Mas tem a vantagem de nos abrir inúmeras possibilidades e de ser um passo importante e necessário para crescer e evoluir como ser humano.... Atingir a plenitude só se consegue através da mudança....

Porque.... a ilusão de segurança e do bem estar depressa se desvanecem quando o futuro se tornar o momento presente e.............. nos apercebermos de que afinal... desperdiçámos a nossa vida.....

Arriscar e sair da zona de conforto ou permanecer nela?

Enfrentar a dor? A verdadeira mudança só pode ocorrer a partir do momento em que temos a capacidade e a coragem de enfrentar a dor!

 

13-09-2013

A esperança de um amanhã melhor...

Ninguém é feliz numa ilha........

Mas somos felizes em ajudar os outros a seguir em frente... a manter o sonho vivo...

Ser forte e ter coragem de continuar a caminhar........

Somos felizes em ajudar quem precisa..........

Podemos mudar muitas vidas..........

Podemos sempre fazer a diferença na vida de alguém...........

Não vamos ficar parados à espera que a vida nos aborreça e nos entristeça....

Vamos partilhar sentimentos....

Acima de tudo, o respeito pelo outro ser humano...........

Acima de tudo, o respeito pelos outros.........

Deixar alguém feliz.........

Aprender a tocar o coração dos outros de uma forma humana, solidária e compassiva...

Muitas das coisas que temos não têm valor...... Mas a dedicação aos outros sim! E o respeito aos outros, sim!....

Mudar a forma como olhamos para os outros.............

Criando uma onda de amor...... podemos mudar a vida de muita gente......... O amor é uma viagem de respeito pelo ser humano...

Na vida......... o importante... é o amor!........

O que é realmente importante...... é o amor!...

Ajudar sempre......... quem precisa.........

Em cada interação humana....... o respeito pelo outro..........

Muito do que temos torna-nos vulneráveis à desilusão e à dor.........

Haverá sempre um novo começo...........

Ajudar a dar esperança e dignidade... a quem a perdeu.....

Dar é sempre melhor que receber........

A todos os que dedicam a vida a ajudar os outros............. UM OBRIGADO....

 

27-08-2013

O que está certo ou errado?...

A dificuldade de entender o que é certo ou errado!...

Na certeza de que não há certezas.... apenas uma atitude apropriada ou que se julga a mais indicada... num dado momento...... naquele fragmento de tempo....

Não havendo certezas...porque o próprio Tempo pode tornar tudo relativo...não há a mínima possibilidade de querermos julgar o outro... ou as ações e atitudes do outro.........

Aprendemos e viciamo-nos no julgar os outros, baseados no simples facto de que isto está certo e aquilo está errado......  Mas, em concreto, o certo e o errado não existem!...

Porque o próprio se encarregará de transformar aquilo que julgamos certo.... em errado! E o que julgamos errado.... em certo!

Deste preâmbulo excluem-se as atitudes contra os valores ou a integridade do ser humano...em que serão sempre erradas seja em que momento for...

......................................................

Em relação às atitudes para com os outros...o mais correto deverá ter como base a compreensão, a flexibilidade e a adaptabilidade.... sempre num balanço entre ATITUDE versus UM DADO MOMENTO.

Interpretar a noção de tempo, questionando o próprio Tempo.... no contexto das próprias atitudes....

Inevitavelmente, deve sempre inserir-se a atitude… no contexto... em que decorreu...........

A Atitude..... é então baseada num acto individual, resultado duma escolha.... inserida no contexto envolvente dessa atitude....e sempre, mergulhadas no próprio Tempo.

Agora.... interpretar a atitude dos outros... ou mesmo julgá-las... deve ser medida em função da atitude individualizada, mas no contexto e no fragmento de Tempo em que decorreram........

Como podemos saber qual é a atitude mais apropriada naquele caso concreto?..................

 

08-08-2013

Saborear a vida.............

Saborear a comida..... não é o mesmo do que comer....

Saborear a vida não é sinónimo de viver... é muito mais! É deliciarmo-nos com a vida... envolvermo-nos com a própria vida... Sentir a plenitude da vida... em nós!

Saborear a vida está intrinsecamente ligado ao fenómeno de bipolaridade: a relação com os outros, baseado numa atitude de respeito, amor e ajuda para com os outros... como se eles fizessem parte de um todo onde estamos nós também.... O outro elo somos nós próprios… em que evoluímos e crescemos interiormente, de modo a percebermos que há algo mais além do que estamos, do que somos e do que sentimos verdadeiramente...como uma extensão de nós, nas relações interpessoais e no próprio Universo.

Somos uma pequena parte de um todo...

Saborear o momento é conseguirmos que o próprio momento faça parte de nós e não apenas que façamos nós parte desse momento...

A acção interdependente de todos os factores pessoais envolvidos num propósito único... saborear a água quando temos sede… saborear a comida quando se tem fome... saborear a vida, quando se vive....

O ser humano está, de um modo geral, mal formatado.... porque habitualmente só dá valor ...à ausência... e sente mesmo e só... a falta do que não tem...

A rotina enfastia o ser humano e fá-lo baixar os braços na conquista...

Quando não se tem algo... dá-se um valor imenso… Mas... quando se tem... habituamo-nos… aquietamo-nos… e não valorizamos....

Se tivermos sede... a primeira água tem sempre um sabor especial... integral... total, físico, mental, emocional e espiritual... Conseguimos canalizar todos os 4 itens num propósito único... a satisfação total.... o qual resulta num gosto total... e pletórico... As águas seguintes já não têm o mesmo sabor.... nem as sentimos verdadeiramente nessa plenitude...

Saborear a vida... basicamente.... é conseguir que as águas seguintes que bebemos.... possam ser sentidas e vividas como foi a primeira água após a sede...

Conseguir canalizar o físico, mental, emocional e espiritual num único sentido...

Sentir a plenitude em tudo o que fazemos, em todos os actos, em todos os momentos.... como se cada momento fosse, de facto, o último a ser vivido...

A vida é demasiado curta para não ser devidamente saboreada............

 

02-08-2013

A história das duas janelas......

Era uma vez uma menina que, a dada altura de vida, se deparou perante duas janelas.... ou melhor, uma janela... Ou seriam duas?...

Bom, de facto, eram duas janelas, a janela da tristeza e a janela da felicidade...

Mas..... no entanto, a menina só conseguia ver uma janela... a janela da tristeza...

Mas estavam lá, naquele momento preciso da vida, duas janelas....

Anteriormente.... a menina tinha sido magoada... tinha uma dor imensa dentro de si

Após essa dor... tinha deixado de acreditar... no amor e nos outros....

E quando ela olhava para as duas janelas... só conseguia, de facto, ver uma delas......... a janela da tristeza....

A escuridão que emanava da janela da tristeza, quando ela olhava para ela, ofuscava-lhe a visão... não a deixava ver claramente

Os seus pensamentos eram uma cascata de pensamentos negativos... Negava-se a viver... negava-se a sorrir... os seus olhos perderam brilho....

Há momentos assim na vida.... em que estamos perante duas janelas... mas só conseguimos ver uma delas....

Ao vê-la assim cabisbaixa, ombros descaídos e a dinâmica.....passou por ela o vento, que sibilou.....

"Há duas janelas á tua frente..... para conseguires ver a outra janela.... tens que abrir o coração... e procurar lá dentro a chave certa para ver e abrir a janela da felicidade...

Deixa falar o coração!............"

A menina ouviu... e assim fez...ou será que não fez?

Essa decisão iria determinar duas realidades ou dois caminhos.....

O poder da decisão está sempre dentro de nós.....

A capacidade de vermos para além da realidade está no coração....

 

28-07-2013

Não desistir de sonhar.....

....Porque se tem uma responsabilidade perante a vida...

Perante a derrota, o cansaço, o desânimo, a dor.... não desistir de acreditar...

Com dignidade e frontalidade devemos erguer cabeça perante os obstáculos.... e não abdicar de estar aqui....

Fazer com que tenha valido a pena..........

Pedir desculpa à derrota.... mas não desistirmos...

Porque estamos aqui... temos a responsabilidade da própria vida...

Perante a dor, a tristeza, a solidão... não perder a esperança... que é possível ser melhor... estar melhor... e viver melhor....

Porque lutámos... porque demos tudo… porque não desistimos.....

Porque estamos aqui?.....

Sentir  que fazemos parte de um todo.... e que o todo e uma equipa...

Mesmo quando o barco continua a andar...... e não sabemos nadar...

Dê a mão á esperança...........

Aceite o acordo com a vida...... e aqueça o coração....

Não desperdice energias sem a certeza do que faria se a vida fosse  apenas... 5 segundos....

Perante o último cenário será mais importante o que não fizemos.... o que desperdiçámos....

Através do sonho.... que sejamos os protagonistas da mudança.........

A responsabilidade de um sonho que tem a responsabilidade de ser vivido....

 

09-06-2013

Um ser humano melhor....

O que é um ser humano melhor?

Evoluir, crescer como ser humano é sinónimo de um ser humano melhor......

Ser um ser humano melhor engloba diversas facetas, diversas perspetivas... e múltiplas abordagens...

Mas.... basicamente.... assenta apenas em dois componentes ou pilares: o IN e o OUT.

O componente IN corresponde ao EU interior, em que se intrinca no binómio virtudes e defeitos.... Melhorar como ser humano, crescer e evoluir consiste simplesmente em limar os defeitos, trabalhá-los interiormente e, mesmo, anular esses mesmos defeitos, se possível.

O componente OUT significa o EU exterior... o perceber que o amor, o ajudar os outros..... é a essência do caminho da felicidade.

Ser um ser humano melhor é a interligação entre o IN e o OUT. Perceber que o IN e o OUT não podem estar separados ou isolados. São realidades interligadas na sua essência e que se interpenetram um no outro.

Ser um ser humano melhor é crescer, evoluir e melhorar tanto interiormente, como nas relações interpessoais.

Não podemos melhorar como ser humano se investirmos apenas no OUT, mesmo que seja em dar imenso amor aos outros, mas nos esquecermos do nosso interior...Tal como o inverso é verdadeiro... se investirmos apenas em nós e esquecermos os outros....

A realidade do caminho da Felicidade está ligada intrinsecamente à evolução do IN e á evolução do OUT, numa balança onde o peso de cada um dos componentes não é necessariamente igual, mas onde estão sempre presentes os dois............

 

02-05-2013

Algures por aí .................

Algures por aí....... ficamos tristes......

Tantos momentos menos bons que a vida tem!.....

.................sentimo-nos deprimidos... vazios... e deixamos de acreditar..... sem forças para continuar a caminhar....

Há momentos tristes.... há obstáculos que nos atingem.... Não há maneira de evitar....

Há quedas.... Há dificuldades.... há tormentos.... há uma dor imensa.....

Mas não queremos deixar de acreditar... que amanhã... há outro amanhecer... e que há outro pôr-do-sol ... e que voltarão as estrelas a brilhar....

Algures por aí... há corações a sentir...e calor a emanar...

Algures por aí... não podemos deixar de acreditar... não podemos deixar de sentir que é possível....

Algures por aí..... existe amor para dar e viver.... Há imensa vida para viver....

A dor e o desencanto destrói-nos a beleza interior... e leva-nos para o caminho triste do medo....

Lutar estoicamente e sempre para nos protegermos ... Resistir ao processo de dor....

Não quero deixar de acreditar e de sonhar... que algures por aí... existe o respeito pelo outro...que existe integridade....

Na vida temos que deixar sair... para que outros valores possam entrar....

Onde está a porta.... que deixa sair a tristeza e o medo?.... Onde está a porta que deixa entrar o amor... e a vida....?

Onde está a porta que liberta a dor.....?

 

 

18-03-2013

O SOL estava lá... mas poucos o viam... ou sentiam...

Os olhares perdidos na tristeza ensombreciam-se de torpor e melancolia...Tudo vagueava em silêncio....

A brisa esvoaçava por entre o desânimo!....

E o Sol brilhava...sem que ninguém o visse.....

Tudo se perdia...tudo se consumia na tristeza....

O Mundo entristeceu… porque o Homem se virou para dentro...sem olhar para os outros..... O EU dominou as personalidades e o encanto....

Apesar disso… o Sol continuava a brilhar...mesmo perante os olhares perdidos… O Sol nunca deixou de brilhar....

Apenas o caminhante insistia em acreditar... Apenas o caminhante não desistia de acreditar...

O encanto estava lá.... o brilho estava lá... o Sol continuava a brilhar... só que ninguém o via.... a não ser o caminhante...

Porque o amor é real.... o caminhante abria o coração a cada passo....

Abriu as portas do encanto... e deixou que o perfume se espalha-se pelos outros...

A cada passo que dava... o encanto da vida... renovava-se...

A cada olhar que distribuía… o sorriso que renascia...

A cada sorriso...uma flor que nascia....

A cada recanto.... um novo olhar, um sorriso sincero... e uma alegria de viver na própria razão....

A rua terminou.... no limite da ocasião... e a cidade que percorreu... no limite de um caminhante que não voltou...

O Sol estava lá.... alguns conseguiram voltar a vê-lo... na sombra do caminhante.... Alguns conseguiram ser luz... nas portas de um coração que se abriu...

O caminhante desapareceu... na neblina de um dia mais....

A luz, trémula, mas intensa.... voltou a viver naquela cidade... Nas pessoas que acordaram... de uma tristeza infinda... na paixão de tantos que permaneciam adormecidos....

Mas a luzinha ainda que trémula... não mais deixou de brilhar... numa cadeia de amor e conhecimento.....

O Sol continuou a brilhar... como sempre brilhou.... Agora… alguns já o sentiam no coração....

 

02-02-2013

Ciclo de Transformações

Fazemos muito pouco para mudar...e não percebemos que podemos e devemos ser um exemplo positivo para os outros...pelo que somos, pelo que tentamos ser e pelo que conseguimos evoluir...

O ciclo de transformações começa em nós...na capacidade de mudarmos… de evoluirmos...de melhorarmos como ser humano…

O ciclo de transformações começa quando nos apercebemos que temos imenso para mudar em nós... há arestas que têm que ser limadas... há defeitos que deveriam ser trabalhadas... Mas, primeiro, temos que reconhecer que esses defeitos existem...

O reconhecimento dos defeitos é a base da estrutura da nossa evolução… Se não os reconhecemos não os podemos trabalhar...

Depois há imenso trabalho interior a fazer… dia após dia... momentos após momentos... diminuindo e tentando diminuir cada vez mais esses defeitos… de modo a que se anulem ou fiquem apenas residuais...

Mas. depois..... para que o ciclo de transformações se inicie...há que ajudar os outros… partilhar os conhecimentos que adquirimos através do nosso trabalho interior...

Partilhar os caminhos que conquistámos… dar a conhecer o melhor de nós...

O ciclo de transformações inicia-se no reconhecimento de que todos temos que mudar, desenvolve-se no trabalho interior que temos que efectuar e termina na partilha dos conhecimentos que adquirimos....

Não há evolução espiritual possível se não partilharmos os conhecimentos que adquirimos… É intrínseco à própria evolução como ser humano....

O ciclo de transformações, desde a semente até á flor, expressa o que melhor há em si.... E o que melhor há em si... é sempre melhor para os outros...

A transformação nutre-se de paciência e serenidade... connosco e com os outros...

O ciclo de transformações ajuda-o a ser uma pessoa melhor... Pode transformar a sua vida e a vida dos outros… para melhor...

 

Posts 1 a 10 de 13

 

Seguinte Último

Voltar