Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

O lago da tranquilidade ...

[ 23-10-2008 ]

No lago da Tranquilidade, um barco a remos desliza suavemente nas águas profundas da emoção.

Eu e Tu....O meu olhar encontra o teu....nasceu fogo, nasceu paixão... suavemente nas margens do vulcão....Os meus olhos fixos e perdidos nos teus.........

As teclas do piano irrompem meigamente no silêncio das águas do lago. Uma após outra, as notas de música entram no nosso olhar, preenchem o coração e embalam o  amor... Um brilho de Sol nas faces tímidas...

A melodia surgiu do nada, docemente, num abraço, num toque, num simples afecto.....

O barco a remos que deliza suavemente....e a Natureza envolvente............

Num olhar sereno e tranquilo, o meu olhar uniu-se ao teu....Águas ardentes e vibrantes num lago tranquilo........

Um barco a navegar...e um olhar que se funde no coração de alguém que aprendeu a amar.......

Soltam-se amarras, derrubam-se muralhas, venceu-se o medo... desnudámos o coração... apenas e só... num simples olhar... Olhos meus nos teus....

Um barco a deslizar... Dois corpos a amar intensamente.........

Um lago tranquilo e sereno... Paz interior. Paz de vida...

Um barco que desaparece..O Eu e o Tu....

Apenas e só...um lago tranquilo, sereno e calmo....para lá do amor..............

Além, além.....Duas aves a voar, lado a lado, rumo ao horizonte e ao Pôr-do-Sol...

Uma melodia que continua a tocar.... nas teclas do piano da vida.............

 

Voltar