Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

O Homem Que Semeava Felicidade





Autor: António Ramalho

N.Pág's: 191

ISBN: 978-‑989-‑8516-90-9

Editora: Sopa de Letras

Ano: 2016


______________

Os marcos que foram deixados na vida, cheia de oportunidades, sem querer, afinal, aprenderam a viver nas opiniões e nos disfarces, muito simples, de tudo. Obviamente, a maquilhagem das aparências enganou-se totalmente nas colheitas, sabendo os erros que usavam, no que querem naturalmente.

Porque sempre foi assim…….

Sempre tivemos percalços…

Como haveríamos de saber o que estava certo?

Todos parecem saber que utilizamos as sementes da felicidade, habitualmente, tarde demais no momento, e aguardamos a chegada do que enviamos pelo correio, no que achamos uma grande partida, no bem senso. Todos, exceto um Homem simples, que semeava.

Supomos que gostamos e não gostamos de nós.

As palavras daquele Homem tornaram-se claras, por se terem esmerado na ajuda aos demais, enquanto a falsa felicidade fechava a porta, ao contrário. Apreciar fosse o que fosse.

A necessidade de preparamos o caminho…

A necessidade de aprendermos a viver,…

A necessidade de aprendermos a amar…

Bastava alguém acreditar que era possível.

A recompensa pertence-nos, nas oportunidades interessantes.

Um homem, um humilde caminhante, continuava a semear.

 

Voltar