Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

: Blog

18-12-2014

Vivemos no demasiado.....

Demasiado tristes..... demasiado confusos.... demasiado infelizes..... demasiado carentes..... demasiado sofredores..... demasiado receosos.... demasiado   descrentes.... demasiado velhos para... demasiado novos para... zangamo-nos demasiado... esquecemo-nos demasiado... choramos demasiado....

Demasiado orgulho.... demasiado querer ter razão... demasiado querer ser o senhor da verdade...

Vivemos no demasiado..... demasiadas vezes!

Vivemos no demasiado.... e perdemos....

Perdemos demasiadas vezes a oportunidade de viver e ser feliz...

Demasiadas vezes não sabemos viver...

Demasiadas vezes... não queremos ver....

Demasiadas vezes... acordamos demasiado tarde...

Pensamos demasiado.... e esquecemo-nos de viver!....

O contraditório existe dentro do demasiado....

Porque vivemos no demasiado... perdemos tudo...

Perdemos a vida... o amor... a ilusão...os sonhos... a beleza e o ser.... porque nos esquecemos do essencial!...

O equilíbrio devia ser a regra.... mas não é! Não sabemos dosificar....

Preferimos o demasiado... em quase tudo... e perdemos...

O bem estar existe no equilíbrio.... O amor existe no equilíbrio... O equilíbrio existe no saber viver...

Só no equilíbrio podemos viver no demasiado.........

 

13-11-2014

Ser melhor ser humano............

É a base da Felicidade....... é a base fundamental para uma boa relação interpessoal....

Ser uma pessoa melhor, simples, humilde, honesta, integra ............

Porque a Felicidade está dependente da capacidade de sermos melhores....

Porque todos temos defeitos..... e qualidades.... E o segredo é limar os defeitos e potenciar as qualidades....

Necessariamente mudar os pensamentos.... Pensar positivo e ter uma atitude mental positiva....

Seguir caminhando...

Nunca culpar os outros....

desfrutar de cada momento da vida, do que somos e do que temos... desfrutar dos pequenos prazeres da vida... desfrutar do bom que há na vida...

Não perder tempo com pensamentos negativos.... Não é fácil... mas temos que lutar por isso... e esforçarmo-nos ao máximo...

" A vida é bela..."

Há que saboreá-la.....

Comunicar bem com os outros... Conviver bem... Desfrutar verdadeiramente dos que nos rodeiam...

Tratar os outros com respeito, simpatia e amabilidade.... A qualidade das nossas relações é a base da alegria...

Esperar o melhor... sempre!

Viver plenamente a vida....

Renovar a alegria de viver em cada momento....

Ser feliz... é fazer felizes os outros....

Perceber o que é realmente importante ....

Saber escutar... querer ajudar e ajudar… desfrutar da vida!

Potenciar o amor em cada momento... no caminho da Felicidade...

O amor une-nos....

Potenciar a compreensão, a bondade, a tolerância e a generosidade....Ser melhor carácter… Encher o coração de amor...

Colhemos sempre o que semeamos....

Dar é receber...

Ser melhor ser humano é sorrir... e desfrutar...

Não é fácil... trabalhar o interior... mas é certamente recompensador querer ser melhor e trabalhar afincadamente para ser melhor ser humano... até porque recebemos sempre de acordo com o que damos.....

Fazer felizes aos que nos rodeiam... é sermos felizes....

Reconhecer os defeitos e trabalhá-los!... temos a vida inteira para mudar e desfrutar de nós próprios e dos outros...... É DAR SENTIDO À VIDA!

Procurar sempre cada vez ser melhor.... deve ser o lema em cada dia que nasce...

Superar a dor, mesmo que pareça inultrapassável... porque o amor brilha sempre mais que o Sol..... Não desanimar nunca...

Agradecer à vida... esforçarmo-nos em cada dia, cada momento...

Aproveitar cara momento para aprendermos e sermos melhor...

Depende de nós sermos felizes... Depende de nós valorizarmos o que somos e o que temos....

Não complicar a vida.....

Crescer com o amor em cada dia....

Simplificar a vida... caminhando juntos...é amar!

Investir sempre na melhoria da afectividade das relações... Fazer feliz o outro (a)!

Liberdade para decidir que sendo melhor ser humano...tudo melhora ao nosso redor..............

 

06-11-2014

A montanha da dor..............

Há momentos da vida… Há acontecimentos… Há dor, sofrimento…

Há momentos em que uma montanha de dor e sofrimento se ergue diante de nós….

Temos uma escolha sem escolhas…. A vida não nos dá outra opção ou mais opções…

Temos que subir a montanha......

Numa dimensão existencial a abordagem da subida… na inclinação e nos próprios obstáculos……

O rio da vida é uma ferida que se abre e se agrava.... sem cessar

Podemos parar! Podemos descansar!... Podemos recuperar o fôlego….

Podemos, de facto........ Mas a montanha está ali, diante de nós… Pode ser a primeira, pode ser a única….Mas ela existe….E nós, como seres humanos, temos que a ultrapassar…. Porque existe sempre um caminho….

Porque há um coração a escutar e a abrir caminhos.....

Dentro de nós perceber através de nós… As respostas estão em cada rocha…cada silêncio…cada despertar… São escolhas individuais….

A sensação de um vazio indescritível que nos conduz à profundeza do ser, mas também ao cume desta montanha....

Porquê a nós? Porquê a mim?

Como subir a montanha? Terei forças para subir a montanha?

A montanha é um encadeamento de múltiplos acontecimentos que escapam muitas vezes à interpretação. Tentamos encontrar um significado em tudo, fazemos novas interpretações…

Carregados de ideias preconcebidas, estagnamos…

A meio da montanha contemplamos o cume e olhamos para o medo do abismo.

As sombras agigantam-se na subida…. Há tantas sombras… Os perigos e os pesadelos estão lá a ameaçar…

As reações ao medo existem no lado escuro da montanha…a subida…

O Sol não atinge toda a montanha…… A sombra esconde-se sempre na noite escura…

Onde quer que a nossa visão alcance…temos tendência a dispersar-nos… numa penumbra que começa no coração e se espalha pela montanha…

Esperamos pela aurora da esperança..... em vão............

Vivemos em múltiplas dimensões e percebemos a dualidade da subida e da descida…

Ninguém fica eternamente no cume…

Expandimo-nos pela encosta e esperamos resultados… As oportunidades parecem não existir e procuramos amor…nos mais pequenos gestos…

……….e não encontramos!…..

Porque ninguém percebe a nossa dor…

Temos que caminhar no único caminho que permanece aberto diante de nós...............

Percebemos que não estamos em sintonia com a experiência........

Não percebemos que a caminhada é uma relação causa-efeito… e não entendemos........ o porquê nós!

O sofrimento que sentimos tem dificuldade em identificar-se com a vida……… negando-nos a ver a realidade como ela é…

Porque somos… sobretudo..... o modo como procuramos….

 

30-10-2014

Resistência ao fluir da vida....

O fluir da vida manifesta-se nas mais pequenas coisas, no dia a dia, na imensidão dos pormenores do quotidiano...na essência!

Mas..... o ser humano não permite esse fluir! Criamos obstáculos na mente, inventamos impossíveis... e não queremos e não aceitamos o inevitável!

O que não depende de nós... não podemos controlar!

O que não depende de nós, seja bom ou mau, não conseguimos impedir....

Devemos entender o nosso corpo físico e mental na dimensão do espiritual.... onde somos atravessados pelo acontecimento em si....

...... E.... há acontecimentos em que temos que aceitar para continuarmos a caminhar, para continuarmos a lutar, a criar, a organizar e reinventar caminhos........

Duma maneira geral, não aceitando o que a vida nos dá.... criamos resistência ao fluir da vida... com todas as complicações inerentes...

Perdemos quilómetros da nossa caminhada pela resistência que criamos à nossa própria vida........

Por muito que nos custe, por muito que não queiramos aceitar.... não conseguimos lutar contra o inevitável... nem contra o passado!...

A nossa vida é feita de muitos quilómetros… Quilómetros que, aos poucos, percebemos que são poucos... mesmo muito poucos...

Há que saber aproveitar a caminhada... entender o fluxo de vida na sua verdadeira dimensão... e perceber qual é, de facto, essa dimensão...

O nosso corpo físico deve ser um meio de comunicação, permeável ao fluxo de vida....

Entender o fluxo de vida que nos atravessa, na sua dimensão física, mental e espiritual... para sentirmos o emocional e sermos felizes...nesta passagem tão curta e transitória...

 

28-10-2014

Ondas do mar....

Ondas do mar.... que vão e vêm.... num remoinho de pensamentos e acções, que se repetem, sem parar.... nem mudar...

As ondas do mar... são ideias... são pessoas....

Porque não mudam as ondas do mar?... Porque não mudam, quando se deve mudar?

Porque insistem em repetir os mesmos gestos... as mesmas atitudes... os mesmos erros?

Porque insistem em não mudar?......

As ondas do mar.... continuam iguais..... sem parar...nem mudar.....

Porque a onda não deixa de ser onda.... e o dia nunca será noite....

É poesia...é vida...é fechar a porta à felicidade....

As ondas do mar são pessoas que não querem mudar.....

 

25-10-2014

Tudo é possível...quando depende de nós!

Quando depende apenas de nós, tudo é possível na vida..... com um objetivo estabelecido e bem definido, com uma estratégia para o alcançar... e disciplina, determinação e força de vontade....

Quando não depende de nós.... é evidente que pode ser possível… ou não!

Mas, quando depende só de nós...está nas nossas mãos.... uma meta, um plano e muita vontade para se lutar, empenhar verdadeiramente e levar a tarefa em frente...

Sem objetivos... sem uma meta no horizonte… é difícil delinear para onde viramos o leme....

Para onde vamos?

Qual é o destino da nossa caminhada?

Ter um objetivo facilita..... a determinação, a disciplina e a vontade de lutar e trabalhar, de nos erguermos quando caímos, a capacidade de enfrentarmos obstáculos... e de, em muitos casos, lutar contra tudo e contra todos.....

Ter um objetivo definido… é o combustível para  a determinação....

Onde vamos buscar mais  e mais energia para ter vontade?.......... ao querer, querer e continuar a querer!....

E, acima de tudo, um plano, uma estratégia para atingir o objetivo!

Sem organização, tudo parece um barco à deriva...

Sem um plano definido... perdermo-nos no emaranhado de oportunidades e obstáculos... e desperdiçamos energias...

A vida basicamente, é isto mesmo!

Um objetivo e um plano para o conseguir... e trabalhar.....

Muito trabalho e nunca perder a vontade de trabalhar para isso..... mesmo perante os obstáculos, ás vezes enormes, com que nos deparamos....

Afinal.......... tudo... ou quase tudo...é possível!....

 

11-10-2014

Lágrimas de cor..............

Lágrimas de cor...

..... para disfarçar  a dor.....

..... uma dor imensa,

..... na distância,

no querer e não querer....

na desilusão de não ter...

e perder.....

....

São lágrimas

... desesperadas...

.... porque a vida....

é muito de sofrimento e dor....

arco-íris de emoções...

 

São lágrimas de sofrimento

... na ilusão de querer

... no desejo de ter.....

 

São lágrimas

... de quem luta,

... de quem resiste

... de quem não quer

... deixar de acreditar....

 ...............

São lágrimas de dor

.... de não ter....

 

Lágrimas de cor

.... pintadas de amor e dor...

.... quem as não tem?

 

03-10-2014

O tempo acaba-se.............

O tempo

acaba-se

....... no torpor

....... de um dia sem chama.........


O tempo

acaba-se

e não desfrutámos

.......... a vida...

 

O que está perfeitamente claro

é que o tempo se acaba...

 

O tempo acaba-se

e sentimos

um pouco de medo...

pelo que não

...... fizemos,

pelo que não

....... dissemos

pelo que

......... desperdiçámos,

pelo que não

........... sentimos,

pelo que não

.......... quisemos,

pelo que não

............ escolhemos

pelo que não vivemos.....

 

A noite já espreita

Ficou escuro............ Só brilha a Lua..........

 

26-09-2014

Uma canção.........

Na transparência

 ..........da noite

toquei

..........o teu vestido de amor.....

..........e abracei

.............a saudade...........

 

Em noite de luar.........

em noite de luar.....

............há reflexos de luz.....

.........que vivem por ti..............

 

São luzes.......

..........que navegam....

.........num pensamento

.........num sentimento....

A cada momento.....

Luar em ti........

...............

Luar em ti...........

...........

A cada momento

..........que vivo......

Despertar em ti........

........momentos de felicidade

.........momentos de ti.......

..............

.............

É um brilho imenso.......

em teus lábios.........

numa dança sem fim............

...........

São luzes .........

..............que navegam.........

............espelho meu..........

............em teu olhar............

................

Luar em ti.......

Luar em ti............

............

Coração que navega..........

........em noite de luar......

por ti, por mim,

por nós.............

....................

São luzes

...........que navegam..........

.........em noite de luar...........

.......................

...................

Luar em ti.......

............espelho meu........

em momentos de ti........

em momentos de nós.............

................

Percorrer

............o teu corpo..........

.........despertar em ti........

.....................

Em noite de luar..........

..........semear o amor......

..............

Espelho meu..........

..............numa dança

.............sem fim.............

Espelho meu

..............em noite de luar...........

...............

Luar em ti............

Luar em ti.........

....................

Na transparência

...............da noite

............toquei

...........o teu vestido

............de amor...........

e abracei

.................a saudade

...................

Em noite de luar...........

..............Luar em ti.............

Luar em ti..................

 

14-09-2014

Ter tudo... e sentirmo-nos insatisfeitos......

Um dos dramas do século 21 é a capacidade de termos tudo... fama, dinheiro, posição social, sucesso, seguranças, honras..... e no fundo, sentirmo-nos insatisfeitos....

Ter uma sensação de vazio, de angústia... ter uma necessidade de algo mais profundo na vida.....

É possível ter tudo externamente e....... termos uma necessidade de transformação, de deixar a superficialidade... de mergulhar profundo no EU interior...desejar intensamente um significado e uma realização na vida.

Existem necessidades para além dos bens materiais.... e que existem na dimensão do interior.... Um centro localizado no interior e onde se funde a realidade e a sabedoria.... Onde é possível a unicidade entre os 3 pilares basilares da vida: pensamento, sentimento e acão.

É possível ter tudo... e sentirmos uma resistência e os obstáculos ao fluxo da vida...

A vida não flui como uma verdadeira fonte de vida.... Passa apenas a ser um desembrulhar contínuo das diferentes camadas de acontecimentos diários, como o descascar de uma cebola....

Perceber que a vida tem uma finalidade....

A finalidade da vida é e será sempre o amor! Dentro de nós existe uma fonte de amor e de encantamento....

A verdadeira satisfação da vida está na harmonia entre a realidade e a fonte do amor...

A vida é muito mais do que aparenta ser...

O mistério da vida e da satisfação existem na sabedoria do próprio corpo... É esse mistério que aponta o caminho.... A verdade está dentro de nós...

Temos que assumir o papel de criar uma nova realidade...

A necessidade de se descobrir e encontrar em si mesmo e iniciar um diálogo interior.

O que sentimos e o que temos a capacidade de expressar pelo amor mostra-nos o caminho... E que passa necessariamente pelo anular do controle do Ego sobre a nossa ação.

O mundo exterior verdadeiramente não tem poder sobre nós....

 

14-09-2014

Preparar o terreno.... para construir a felicidade....

Construir um edifício é... começar do zero....

Construir a felicidade... é preparar o terreno........ onde vai assentar...

O terreno tem que ter condições para suportar um edifício..

Não pode ser pantanoso, rochoso, irregular, imperfeito, não resolvido.....

Não poder ter mágoas, frustrações, culpas, ressentimentos, raiva, ira, vingança....

O terreno tem que ser preparado... Não pode estar ocupado por outro edifício...

Limpar o terreno é essencial.....

Limpeza de emoções e sentimentos....

Começar do zero....... limpando o que não está bem, limar as arestas que há para limar ..... estabelecer os alicerces....

Um dos maiores erros das relações interpessoais... é a não preparação e cuidado do terreno onde se vai construir o edifício...

E o terreno é preparado... no interior de cada um de nós....

Se o terreno não está bem preparado e limpo..... as condições para correr mal a construção de um novo edifício são enormes....

Não se pode construir um edifício sobre os escombros de outro.....

Quando um edifício se desmorona.... os escombros têm que ser limpos antes da construção de um novo edifício....

Mas a maioria das pessoas insiste em construir edifícios sobre escombros de outros....

O resultado inevitavelmente será um novo desmoronamento....

Porque será que as pessoas insistem em olhar só para os tijolos e cimento..... e raramente têm o cuidado, esmero, paciência, tranquilidade, flexibilidade e trabalho interior de limpeza na preparação do terreno onde deverá ser instalado o novo edifício?...............

 

28-08-2014

Fazer uma diferença positiva na vida das pessoas......

Porque estamos todos ligados de alguma forma...............

Há pessoas que servem de inspiração, pelo que são, pelo que fazem e pelo que dão.....

Há pessoas que são um exemplo.... como um pedaço de magia....

Há pessoas com uma energia inesgotável, que trabalham de forma incessante em prol dos outros.....

Há pessoas com criatividade... para ser diferentes....

Há pessoas que têm uma atitude superpositiva..... querem fazer mais...acham que fazem sempre pouco!....

Mudaram a mentalidade...foram mais além!..........

Nunca devemos esquecer de onde viemos…

Devemos estar gratos a todas as pessoas que acreditaram em nós e nos deram oportunidades...

Um novo começo........

Há pessoas que dedicaram e dedicam toda a sua vida a ajudar os outros...

Há pessoas em que ser altruísta é o seu modo de vida...

Há pessoas a quem devemos agradecer... pelo seu olhar, pelo seu sorriso... pelo calor que dão....

Há pessoas que mantém a esperança viva.........

Sempre nos tocam… pela presença e pela emoção... Pintam a vida de cores vivas.....

Essas pessoas trazem esperança a todos.... no trabalho de amor que fazem..........

Dar é melhor que receber....

Um obrigado sincero a todas as pessoas que entram assim na vida dos outros.....

Afinal que fazemos aqui?....

 

28-08-2014

As gavetas dos sonhos...........

Era uma vez uma criança que tinha, no seu quarto de vida, um armário com 3 gavetas.

As gavetas dos sonhos: a gaveta dos sonhos possíveis, a gaveta dos sonhos não possíveis e a gaveta dos sonhos impossíveis..... Estavam fechadas a um canto de uma vida. Tinham um segredo: só se abriam quando se concretizassem os sonhos...

A criança tinha nascido pobre...Mas tinha imenso amor, coragem e determinação... Tinha sonhos, imenso sonhos....

Como qualquer criança e jovem, começou a sonhar muito cedo.... Sonhos possíveis de se realizarem… se acreditasse, se lutasse e se trabalhasse...

Estudou, trabalhou incansavelmente e nunca deixou de acreditar que era possível ir mais além, que era possível conseguir chegar às suas metas e aos seus objectivos...

Ao longo da juventude, as gavetas dos sonhos possíveis foram-se abrindo, a pouco e pouco, uns sonhos atrás dos outros....

Quando chegou a adulto, a gaveta dos sonhos possíveis ficou totalmente aberta: conseguiu concretizar todos os seus sonhos possíveis!...

Já homem, nunca deixou de acreditar que era possível fazer algo mais pelo Mundo e pelos outros.... Não se encerrou no seu casulo... Olhou para fora!

Estudou, trabalhou sempre o interior e acreditou... nunca deixou de acreditar!

Tantas pessoas a precisar de ajuda, de compreensão, de carinho, de uma palavra amiga.... de amor....

O Mundo a precisar de pessoas que lutem pela verdade e pela justiça....

A gaveta dos sonhos não possíveis começou a abrir-se aos poucos: umas vezes com dificuldade, outras vezes mais facilmente do que era suposto ser possível... O Mundo precisava de todos...precisava de amor verdadeiro e sobretudo, precisava de entendimento entre os homens baseado no respeito. O respeito pelos outros na sua essência e nas mais pequenas coisas.

"Não fazer aos outros o que não gostamos que nos façam a nós" sempre foi o lema daquele homem, que apenas sabia que era um humilde caminhante a aprender a ser melhor ....

Um dia, o homem, já muito velhinho, quando estava a morrer...olhou uma última vez para a gaveta dos sonhos… E, espantosamente, a gaveta dos sonhos impossíveis, começou a abrir-se...

Nessa altura, num ultimo suspiro, o velhinho sorriu........... para aquele homem tinha valido a pena ter vivido, trabalhado tanto e amado... era feliz!

E a gaveta dos sonhos impossíveis abriu-se....

Foi o sorriso daquele homem, um sorriso de amor contagiante, verdadeiro e puro, que abriu a gaveta dos sonhos impossíveis...

 

26-08-2014

Amor não é............

Amor não é.........

....... não se valorizar o que se tem, quando se tem tudo.............

....... não perceber que se tem tudo, quando se tem!.............

Amor não é.........

.......... valorizar o que não se tem e, sobretudo, valorizar o que os outros têm!.......

Amor não é..........

......... não saber olhar...não saber sorrir..... não saber tocar.... não saber ter!.........

Porque saber ter é mais importante do que ter!............

Ter apenas........ não significa muito! Não significa mais do que possuir ou acumular....

Saber ter é reconhecer o que se tem, saber preservar o que se tem e agradecer o que se tem..........

Amor não é.....

......... não agradecer cada minuto da vida, quando se tem!.....

Ás vezes, temos tudo o que sempre sonhámos e não percebemos que temos.....

Ás vezes, temos tudo o que queríamos ter e não sabemos ter.....

Amor não é.........

............ ver amarelo, quando estamos a ver a cor branca....

Amor não é.....

........ querer ver outra (o), que não vemos.......

Ás vezes, temos o paraíso diante de nós......

......... e só temos capacidade para ver uma realidade insípida......

Amor não é....

...... desperdiçarmos o que temos, sem saber que temos...... o amor que temos.............

 

24-08-2014

Às vezes... um Grande Amor.... não chega......

Às vezes, um grande amor, mesmo um grande amor, não chega....

É preciso que as pessoas se entendam e que façam tudo o que está ao seu alcance e mais........ para se entenderem.....

É preciso que percebam o ponto de vista do outro e se esforcem por compreender isso...........................................................................................................

Às vezes, um grande amor não é suficiente....

É preciso algo mais.....

É preciso que as pessoas queiram amar e sentir o amor...

É preciso que as pessoas queiram ser felizes.............................................................................

..............................................

Às vezes, um grande amor é pequeno demais.... para vencer o orgulho férreo, o desejo desmesurado, os medos e o desespero das pessoas..... tornando mais fácil comprar o amor "descartável".............................................................................................................................................................................

Às vezes, um grande amor pode não chegar......

....se não houver liberdade, disponibilidade e tempo..................................

.......................................................

Às vezes, um grande amor... pode não chegar....

.....se as pessoas não se quiserem adaptar um ao outro, não houver compreensão de parte a parte, não quiserem ter flexibilidade para "encaixar" na maneira de ser do outro..................................................................................................................................................................................................

Às vezes...um Grande Amor, mesmo um grande Amor, um amor que todos idealizam, que todos sonham um dia ter ...não é suficiente........

.................................................................

É nessas alturas que percebemos que a vida pode ser tão frágil.... e tudo tão temporário.......

 

23-08-2014

Era uma vez uma mão...que sabia a cor do amor....

Era uma vez uma mão... vivaça, rebelde e inconformada com a vida....

Desde muito cedo aprendeu a tocar nos objectos nos objectos de modo diferente...uma ligação entre a mão e o olhar... O olhar comandava a mão... e ela seguia-o intrepidamente...

Mas um dia, a mão quis seguir um caminho diferente... e partiu à descoberta de novos mundos...

Percorreu vidas e momentos… Quis mais!...

Percorreu sentimentos e emoções...

Numa dessas caminhadas, aprendeu a desenhar linhas, a sentir emoção no toque e tocou, tocou... Suavemente, delicadamente e sensualmente... aprendeu a percorrer as linhas... com doçura, carinho e flexibilidade suave....

Foi assim que encontrou o caminho do amor… num coração partido...

Aprendeu a tocar emoções... soube pintar sentimentos...e aprendeu a amar...

Aprendeu o significado das cores....

Com um simples toque carregava emoção... Com um simples toque tornava a vida mais sentida... respirava felicidade em cada movimento...

Tocou o amor nas teclas do piano da vida e pintou na tela da vida... a cor do amor... Acariciava, dedilhava calor em cada movimento....

Com um simples toque aprendeu a despertar ilusões… deslizou pelo outro corpo ..... e alimentou o rio da sensação....

A mão direita, irrequieta e curiosa, tornou-se mágica... Aprendeu a criar magia em cada toque... porque sabia a cor do amor...

Por fim, encontrou outra mão que também sabia a cor do amor....... envolveram-se na fogueira da sensação..... Aprenderam a criar pontes entre corações... Aprenderam a saber deliciar-se com .... ser a companhia ...

Ficaram de mãos dadas até ao entardecer....

 

21-08-2014

A velhinha de cabelos loiros que se sentava no pôr-do-sol

Era uma vez uma velhinha de cabelos loiros, que vivia sentada no pôr-do-sol... esperando escolher entre o dia e a noite....

Desde criança, habituou-se a encolher os ombros e deixar que os outros e a própria vida escolhessem por ela...

Não fazia escolhas… esperava tão somente que os outros escolhessem o caminho dela... Achava sempre que a vida lhe iria sorrir.....

Segundo ela..."era uma maçada escolher... assumir todos os riscos de uma decisão... era muito mais confortável para ela serem os outros a escolher...

No fundo, não vivia... era vivida!....

Porque a vida é ela própria um risco, mas também a gratidão de ser uma escolha e opção... Ela não sabia isso....

O prazer de escolher o caminho… o bem estar interior por sermos os senhores do nosso próprio caminho!

O livre arbítrio era a alegria que deixava escapar.... porque no fundo é ele próprio o sentido da nossa própria realização pessoal e chave do destino!

A velhinha de cabelos loiros, que um dia foi menina, deixou a vida correr...Não viveu!...

E, quando um dia acordou.... era velhinha e não feliz.... Mas, teimosamente continuava sentada no pôr-do-sol....

Estava sentada no pôr-do-sol... mas nunca conseguiu sentir a beleza do pôr-do-sol.....

Porque viveu sempre na indecisão do antes e do depois... esqueceu-se de desfrutar do durante, do agora, do momento presente... que, basicamente, era a própria beleza do pôr-do-sol....

Esqueceu-se de viver... quando podia ter escolhido viver............... e foi vivida apenas!...

Agora, demasiado tarde, resmungava e revoltava-se sempre............... dizendo que a vida não lhe tinha sorrido.... quando afinal foi apenas ela que não sorriu à vida....

Esqueceu-se que a única escolha dela foi não ter feito escolhas.....

Na noite que já despertava, o luar dos seus olhos soltou então uma lágrima...... na sombra da escuridão...

Não escolheu, nem viveu...

Ainda hoje, mesmo sentada no pôr-do-sol... continua a interrogar-se e a dizer que o dia e a noite são iguais.....

 

20-07-2014

Manter a luz no coração quando só vemos escuridão...

Os momentos da vida são a própria vida e dançam ao sabor do coração... A sabedoria e o amor em cada momento da vida...

Existir e evoluir como ser humano.... é a base da existência...

O coração abre-se quando não temos que nos esconder de nós próprios e percebemos que nos tornamos parte do Mundo.... e dos outros...

Existe e existirá sempre um conflito e desafio entre o interior e o exterior....

Sabemos que o coração abre o caminho...mergulhando no Tempo....

Existe e existirá sempre um conflito de comparações... a aprisionar o amor...

A paz do coração e a sua porta é, no limite, amarmos os obstáculos da vida, até que eles próprios deixem de ser obstáculos...

O amor abre o caminho, seja qual for a porta do medo.... A riqueza da vida está na escolha do amor....

Um dos segredos é ampliar a perspectiva dos acontecimentos em si, porque teremos que lidar inevitavelmente com as dificuldades....

Não vamos conseguir anular ou negar as dificuldades.... A escuridão existe quando estamos perante um desacerto entre a vivência do interior e a vivência do exterior...

A porta do autoconhecimento está no limiar da verdade...

É a porta que devemos atravessar....

Encontrar o sentido das próprias dificuldades...

Abrir profundamente o coração nas sementes do entusiasmo…

Como manter a luz acesa no coração... quando só vemos escuridão?...

........ No bem que fazemos...

Sabemos que na escuridão continua a haver amor....

Abrir o coração... porque as sementes se abrem sempre na escuridão.....

Coragem para crescer... mesmo quando não se vê nada ao redor...

As dificuldades fazem-nos perceber porque lutamos......

A existência está a asfixiar-nos na maneira de ser e de pensar… porque são erradas! Porque não deixamos a luz entrar?

Precisamos uns dos outros..... Os olhos só conseguem ver à superfície.... não conseguem ver a luz.....

Olhar em profundidade é ver com o coração... olhar somente... é não ver a verdade...

Por mais difíceis que sejam as circunstâncias exteriores, temos sempre algo para ajudar os outros....

Por vezes, somos nós que impedimos a luz de vir até nós..... Porque, verdadeiramente, só conseguimos ter luz, depois de termos consciência da própria escuridão....



 

12-07-2014

Quando o desânimo se instala...

Às vezes, quando o vento está bom, encontra-se um sinal a levar-nos para o melhor caminho.... e a iluminar-nos a escuridão..

Não perder a fé e a esperança, quando enfrentamos circunstâncias adversas deve ser o lema...

A passagem pela Terra é breve e deve ser feita com coragem e serenidade... deve ser feita no tempo certo...

O desalento e o desespero devem fazer-nos unir com a fé... Existe um lugar onde existe paz e alegria... é no coração cheio de esperança...

Libertarmo-nos do medo e das preocupações... caminhar na luz, fluindo na força do dia-a-dia...

A insegurança... é precisar de garantias de que a vida significa algo....

Perante as dificuldades precisamos ter coragem... de seguir em frente, passo a passo, com coragem, ..... recusarmos rendermo-nos ao desalento.

Dentro do coração.... existe a alegria que não nos abandonará... mesmo passando provações e dificuldades....

Nunca sucumbir ao desespero!..

Aumentar a esperança através da gratidão.... exactamente quando aumentam as adversidades...

A paz interior não depende das circunstâncias!..

Encontrar o significado e a mensagem da própria adversidade, mesmo quando o desânimo aparece... Nada do que possamos encontrar no caminho nos poderá separar da verdade...

Preencher o coração de amor, ser persistente e paciente, renovar as forças, receber com amor.... mesmo perante as situações mais complicadas...

Acreditar que a vida será como deveria ser... e fortalecer a confiança...

Nunca se deve ficar à espera que todos os problemas estejam resolvidos...

A fé é a âncora, dá-nos a força... é a ajuda constante mesmo nos momentos mais difíceis de angústia...

Não são os problemas e as dificuldades que nos impedem de avançar.... é a nossa perspectiva dos acontecimentos...

Se nos centrarmos única e exclusivamente nos problemas... iremos ceder.....

Devemos centrarmos no significado... mesmo que não o consigamos ver....

Quando a vida se complica e ficamos sem força.... devemos investir na sabedoria e não desanimar... porque há sempre um retorno....

Podemos interromper o círculo de pensamentos negativos e mudar os nossos pensamentos... A melhor direcção é sempre o coração e a fé...

Porque as dificuldades da vida existem..... devemos tentar ver a luz onde existe escuridão... e, sobretudo, acender a luz da esperança... é fundamental fazer brilhar o coração...

Porque a realidade não depende das circunstâncias exteriores....

Quando as circunstâncias e as dificuldades se agravam... é difícil acreditar nisso!... Mas é exactamente nessas alturas que necessitamos acreditar mais… ter mais força e mais ânimo.... e tentar perceber os porquês...

Existe sempre um sentido onde não o vemos... existe sempre esperança e fé a mostrar-nos o caminho....

Nos momentos mais difíceis da vida.... é essencial confiar e acreditar... porque é exactamente isso que nos ajuda a encontrar o caminho....

Perceber o que nos ajuda a encontrar o caminho.... é a base da esperança... e a força da própria vida...






 

10-06-2014

Se queres mais amor, dá mais amor....

Liberta a tua paixão... pela vida, pelos outros e por ti... A motivação é energia...

Quer!.....

Valoriza cada pessoa com quem te relacionas… Os outros têm sentimentos e perspectivas... como tu tens... Nada melhor do que um reconhecimento sincero e honesto...

Aprecia as pessoas que te rodeiam... Agradece que façam parte da tua vida... Elogia!... Reconhece o quão importantes são!... Fá-los sentir importantes... porque são!...

Desfruta e saboreia cada momento da tua vida... desfruta da companhia das pessoas que são realmente importantes para ti....

Dedica tempo às pessoas que fazem parte de ti...... Estabelece prioridades... em quê e quem!

Conhece-te a ti próprio!........... Há tanto para aprender... Um sentido de vida, paz interior e confiança em ti mesmo....

Sintonia entre a nossa linguagem verbal e não verbal... A força mais poderosa que existe é o amor...

Abre o coração...permite mostrar o melhor de ti próprio.... Converte os pensamento e palavras em acção...

Inunda a tua vida de calor e entusiasmo...

Toma atitudes positivas... na direcção adequada... Para que este Mundo seja o melhor local para viver....

Converte-te numa pessoa ainda melhor....

Muitas vezes só despertamos mostramos o melhor de nós próprios quando estamos perante um obstáculo grave...

Muda primeiro dentro de ti e verás que o Mundo ao teu redor também muda.... Não queiras mudar o Mundo.... Se queres fazer algo, muda dentro de ti... é o único local que podes controlar... Converte-te numa pessoa mais simpática, amável, carinhosa e apaixonada... e verás que tudo se transforma!... Encontra sempre uma palavra amável para dar... Não procures fora… o que está dentro de ti....

Desenvolve a flexibilidade necessária para mudar a atitude.... Há saber adaptar-se, corrigir e melhorar...

A paz interior resulta de uma mudança de atitude perante a vida e não do fruto do acaso das circunstâncias exteriores...

Cria uma atitude mental que seja dominante na vida e que te permita desfrutar de cada uma das experiências...

Dar sempre o melhor de nós próprios.... a nós, à vida e aos outros..... e teremos certamente o melhor dos outros.....

 

08-06-2014

Importante... é o que somos... e não só o que fazemos....

A nossa vida deve orientar-se como um exemplo para os outros....

Aperfeiçoar as virtudes que temos, os nossos talentos.... no fundo, realizarmos e concretizarmos o nosso verdadeiro potencial!

Saber e estabelecer quais são, de facto, as nossas prioridades na vida.....

Há obstáculos interpostos na evolução do ser humano: o orgulho, a ira, o ressentimento, o ódio..... São elementos que nos extraem a energia que necessitamos para navegarmos pelos desafios da própria vida.

Sempre que há estes obstáculos, o  coração bloqueia o fluxo de energia...

É necessário esforçarmo-nos por derrubar as limitações que nos são impostas pelos outros e por nós próprios....

A forma como aprendemos as lições é a base da nossa evolução espiritual.....

Só o amor liberta...... O  fluxo permanente de energia é vital para o nosso bem estar físico e emocional.

A sintonia com o nosso EU interior traz-nos o equilíbrio às nossas vidas...

Saber apreciar sinceramente os outros..... Saber apreciar e não criticar...

Saber ver o positivo e não só o negativo nas situações e nas pessoas...

O importante é o que somos... e não só o que fazemos....

Ultrapassar os nossos pontos fracos e reforçar os nossos pontos fortes... é o guia para nos tornarmos em tudo o que devemos ser....

 

01-06-2014

A ideia de irmos morrer.....

A dor é atroz só pela ideia de irmos morrer… ou sabermos que vamos morrer....

Aí... tentamos libertar-nos. Passamos a estar mais atentos às pequenas coisas e ás coisas realmente importantes da vida.

Nessa altura, todos os seres humanos procuram respostas e reflectem sobre o sentido que a vida tem....

Aí....... percebemos que o essencial e único... é o momento presente, o aqui e agora.....

Aí.... percebemos que deveríamos ter procurado os vazios que estão dentro de nós e que os deveríamos ter preenchido, não com a superficialidade, mas sim com a essência..

Passamos a estar mais atentos ao Mundo que nos rodeia, às pessoas e ao ambiente.

Aí... queremos acordar.......

Aí.... percebemos que não somos de ninguém... que não existe apego....

Aí..... percebemos que a essência do amor é a única força em que nos deveríamos ter convertido e vivido...

A vida está cheia de adversidades de vária ordem. Encontrar a porta de acesso à felicidade deveria estar no equilíbrio entre as perdas e os ganhos inerentes a ela…

Ir além da fronteira da segurança é uma luz nas sombras...

Aí.... percebemos que a nossa realidade foi a mesma todos os dias que passaram, sem que tivéssemos aberto a porta... Quebrámos o circuito do fluxo de vida...

As pressões externas impulsionaram o nosso Ego a querer mais controle e mais e mais...

O fluxo de vida estagnou na ausência de transformação interior.

O amor, que tem uma vida própria, terminou na busca da perfeição....

O conflito entre o bem e o mal eternizou-se... e não conseguimos alcançar a liberdade...

Afinal… o Juiz estava dentro de nós, na nossa própria mente…

O amor podia ter aberto as passagens ocultas...mas deixámo-nos levar pelos desejos.... E o desejo não pára nunca...

Não soubemos estabelecer as pontes da comunicação e desperdiçámos ondas de energia....

Numa fracção de segundo queremos mudar uma vida que desperdiçámos... Mas, na maioria dos casos, é demasiado tarde....

As limitações temporárias da vida não nos deixam continuar.... porque o caminho é limitado...

O espectáculo da vida, na maioria dos casos, perde-se dentro de nós próprios... porque não soubemos criar uma vida para nós...

Aí... a máscara da aparência física cai definitivamente... e percebemos o quanto perdemos...

A ideia de irmos morrer.... revela-nos habitualmente que poderíamos ter feito tanto.... e, no entanto, cansámo-nos e desperdiçámos....

 

29-05-2014

Codícia, avareza e Ego versus desapego e paz interior

O ser humano vive constantemente numa tentativa de acumulação de riqueza e bens materiais, criando uma pseudosegurança mas, acima de tudo, uma ansiedade descontrolada e perturbação do bem estar e paz interior.

Para isso cria um muro, vivendo exclusivamente do seu egocentrismo e sugando o bem que deveria fazer aos outros e, sobretudo, o respeito que deveria e deve ter aos outros..... Perceber e viver a realidade apenas ou quase só nas aparências... perdendo constantemente a paz interior...

Incapaz de ter uma visão ampla das situações com que depara ou cria, não consegue mais do que uma visão egocêntrica...

Perder a serenidade e tranquilidade... Perder a compreensão sobre a vida....

Constantemente deseja e persegue acumulações e apodera-se ou retém... o que deveria deixar fluir....

A vida deixa de ser um fluxo de energia constante e livre... Perde o equilíbrio... Não existe compaixão, nem compreensão das situações... Reacciona sem inteligência emocional, vive para alimentar o seu ego insaciável...

Não percebe que a ira e a maledicência são apenas uns factores de desassossego e ausência de paz interior do próprio...

Transformação interior... O que é isso? dizem....

Olhar para dentro.... Não compreendem.......

Mas depois não percebem porque não têm paz interior… porque não existe um equilíbrio, nem harmonia mental e emocional.

A vida oferece-nos a oportunidade de evoluirmos…

Porque não o preferem?....

Não aproveitamos minimamente a viagem e quando acordamos é demasiado tarde...

Renunciar à obsessão da possessão e exercitar o desapego, através do autocontrole do ego…

Exercícios graduais, passo a passo, num empenho para melhorar como ser humano... canalizar a energia que desperdiçamos inutilmente.....

Porque o resultado final deverá ser sempre a paz interior... dentro de nós próprios...

Perceber e viver a realidade com uma visão ampla...

Codícia, avareza e ego versus desapego e paz interior..... Uma visa sem sentido ou uma vida com sentido....

Porque só teremos paz interior se a vida tiver sentido......

 

30-04-2014

A flexibilidade da mente...

Espreitar pela janela.... e nada ver....

Ter pontos de vista estreitos e afunilados e um apego inusitado às suas próprias ideias e convicções... reflecte o balanço de um ego que disparou, sem controle, pelos caminhos da escuridão relativamente ao autoconhecimento e à evolução como ser humano...

Ter um Ego imenso, sem pensarmos nos outros, sem saber escutar os outros...e até sem termos a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro.... é cegueira mesmo que estejamos a espreitar por uma janela....

O próprio Ego cria os seus obstáculos… o próprio Ego se automutila, abdica da energia e da serenidade...

Sem controle, o próprio Ego abdica da capacidade de se auto transformar e conquistar a paz interior...

A paz interior conquista-se pela prática diária, pela autodisciplina, pelo querer e pela motivação.

A paz interior conquista-se pelo controle do próprio Ego...

Basicamente.... é fruto da libertação dos diversos condicionantes: a ira, o ressentimento, a inveja, o ciúme, o ódio....

A fazer.... e há sempre muito a fazer... é o cultivo de pensamentos positivos...

A evolução como ser humano está reflectida na capacidade que temos de saber subtrair a influência que os acontecimentos e as circunstâncias externas exercem sobre nós...

Controlar o Ego e a vulnerabilidade emocional criada pelos conflitos resultantes dessa mesma incapacidade de nos enchermos compulsivamente com o externo...

O apego ao estreitamento dos pontos de vista e a incapacidade de subtrairmos a influência que os acontecimentos externos têm sobre nós são claramente os factores mais importantes na ausência de paz interior.....

 

26-04-2014

A fé ultrapassa tudo... no mar imenso...

Existe um mar imenso... existe o ir e o voltar...

Como conseguimos chegar a terra num mar imenso?.....

O ser humano é demasiado pequeno..... o mar imenso faz-nos ver realmente  a nossa pequenez....

Como conseguimos chegar a nós?

Existe o ir... mas também existe um mar imenso....,

Sem barco... como voltamos a terra?....

No mar imenso..... existem ventos agrestes, ondas gigantescas, maremotos e furacões....

No mar imenso.... existe a dúvida do voltar....

Porque existe uma força ... que navega por nós e está em nós.... que nos empurra, nos alivia e nos faz acreditar....

Porque, no meio do nevoeiro, existe uma luz cintilante que nos indica o caminho....

Porque sem fé... a vida é uma inquietude... quase permanente.....

A fé move montanhas e permite navegar no mar imenso....

Existe uma viagem essencial... que nos ensina a ver melhor... e a sentir a vida....

Ter fé é acreditarmos em nós, que é possível....

É uma busca permanente... de uma luz no mar imenso....

O grito de uma luz que diz que a fé ultrapassa tudo.... ou quase tudo , dificuldades, nevoeiros e ventos....

O farol existirá sempre...... deixando entrar a fé em nós e abrindo o nosso coração...

Semear um farol...no mar imenso...

Transformar a vida numa partilha... e vivermos essa partilha.....

A fé é acreditar... é abrir o coração... é partilharmos uma luz cintilante....

Ter fé é ir e voltar no mar imenso..... porque a vida é um mar imenso..... e nós somos demasiado pequenos....

 

22-04-2014

Quero mudar... mas não quero mudar...

A mente é claramente o resultado da separação do EU.... O EU que quer e o EU que não quer... o Eu insatisfeito e o Eu acomodado....

Por um lado queremos e achamos que devemos mudar! Mas o outro Eu prefere acomodar-se... viver numa pseudosegurança!.....

A paz interior tem a ver com a capacidade da mente em focalizar-se na renovação... A mente, dum modo geral,  prefere o apego e a acumulação..... Conservar pensamentos e ideias inúteis, acumular lixo mental, sem desperdiçar absolutamente nada.....

Mas... o processo de construção da paz interior tem necessariamente a ver com a construção de uma mente renovada e serena… em suma, mais lúcida e clarividente....

Para isso, é necessário mudar atitudes, perspectivas, pontos de vista e procedimentos diversos.

É necessário mudar... é necessário enfrentar a própria mente.... Mas.... esta mudança deverá ser sempre gradual e progressiva...

A mente tem que renovar-se... como o processo das queimadas no campo.... é benéfico para que as novas sementes brotem com mais energia e vigor.... um processo exactamente igual ao da própria mente!!

Para que a mente tenha a capacidade de se renovar... é necessário deitar fora atitudes e pensamentos errados e inúteis... No fundo, trata-se de conseguir canalizar e capitalizar as nossa próprias energias num sentido único… esforçarmo-nos por encontrar a paz interior...

É um processo que requer paciência, perseverança, energia e confiança em nós próprios e autodisciplina férrea..

Perceber quando a  parte do Eu acomodado nos tentar enganar... e empurra para fora do caminho da paz interior...

Qualquer ser humano pode modificar-se e melhorar...

Há que eliminar o lixo mental diariamente e que não nos deixa progredir e avançar: atitudes erradas, arestas por limar, reacções emocionais descontroladas....

 

22-04-2014

O auto-abandono....

Porque há pessoas que não olham para o verdadeiro EU, o Eu que tem imperfeições, arestas por limar.... e que, de facto, entra em contacto com a realidade ............ o EU imperfeito numa Sociedade imperfeita............ e preferem olhar para o outro EU?

O EU imperfeito sabe que pode falhar... o Eu que erra e admite os seus erros... o Eu, em suma, que está longe da perfeição......... o Eu percebe que as suas ideias e atitudes podem estar incorrectas.... este é o EU que retira lições importantes da vida e que não costuma errar repetidamente.............

Este EU é de convivência fácil... tem uma maneira de ser límpida, que não perde energias a provar obsessivamente os seus argumentos..... Este EU deixa felicidade por onde passa, respeita o ser humano por aquilo que ele é...........

O outro EU, o perfeccionista não admite falhas ou erros, o seu comportamento está sempre correcto, segundo ele, não admite críticas ou observações.... Esse EU desperta dor e desconforto por onde caminha...tem relacionamentos difíceis, são sofredores e frustrados... são os Srs. intocáveis!

O EU que sabe que é imperfeito tem todas as probabilidades de deixar a sua marca na curtíssima vida (caminho) que afinal todos temos....

O EU  imperfeito aprende com os seus próprios erros... e tenta sempre melhorar como ser humano, tornar-se ele próprio o seu escultor do EU.... Vive o amor na sua forma mais profunda e plena... e que inevitavelmente irá influenciar todas as pessoas que o rodeiam e com quem convive...

O EU imperfeito compreende, tolera e perdoa... esse EU percebe em que consiste a existência e a sua missão... O EU imperfeito não se auto-abandonou…

O outro EU...tem uma necessidade doentia de controlar tudo e todos e não compreende minimamente o que é a existência... Esse EU auto-abandonou-se nesta vida...

 

30-03-2014

O próximo desafio.......

O próximo desafio do ser humano....... aquilo que tem que ser mesmo feito.... a meta que deverá ser estabelecida..... é.... a conquista da paz interior!

Ninguém é verdadeiramente feliz sem um bem estar interior... sem equilíbrio e harmonia em si próprio....

O caminho do autoconhecimento será a via a seguir.......... Trabalho interior imenso, mas necessário....

Podemos possuir pouco ou muito... podemos possuir tudo.... Mas, sem paz interior, ficará sempre um vazio interior… a sensação de uma vida sem sentido!

Possuir tudo e não conseguir desfrutar verdadeiramente... é desperdiçar a própria vida...

Sem paz interior.... ninguém consegue desfrutar até do que tem.........Ter… mas não desfrutar...

A inquietação permanente, a insatisfação habitual, a apatia, a adinamia resultantes duma ausência de bem estar interior... são sinais e sintomas de uma infelicidade por assumir e de uma vida por conquistar.

É muito mais fácil o exterior do que o interior, mas só desfrutaremos integralmente da vida preciosa que possuímos... se existir a paz interior que nos apazigua as tempestades incontornáveis… com que nos deparamos no caminho da vida.

 

02-03-2014

E se o Tempo não for o que pensamos ser?

Pensamos no Tempo.... pensamos com o Tempo... e pensamos pelo Tempo....

Mas... não vivemos o Tempo... e só vivendo o Tempo podemos torná-lo uma medida mensurável...

Não é possível viver no pensamento...mas é possível viver no coração...

O módulo pensamento e o módulo coração....

O ser humano sempre considerou determinante na medição do Tempo… o valor do pensamento em si...

E...se estivermos enganados?

_____________________________

Se o Tempo for mensurável apenas no módulo coração?... por isso quando amamos...o tempo voa...

E... se formos velhos ou novos, apenas em função do módulo coração?

Ou seja, podemos ter uma vida enorme sem Tempo...e uma vida pequena com uma idade imensa....

O Tempo é uma equação entre o que se vive e o que se perde... O resultado é positivo ou negativo... depende do ponteiro da balança...

Habitualmente o ser humano não percebe que o Tempo não é eterno, que o Tempo somos nós que o definimos...

Porque o Tempo não para, porque o Tempo é uma ilusão, porque o Tempo se esfuma entre os dedos…

O verdadeiro tempo existe na atitude perante a vida... é a única medida verdadeiramente mensurável...

Ou seja, a parte mensurável do Tempo existe no coração…

A parte não mensurável existe no pensamento....

Ou seja, habitualmente o que desperdiçamos é o Tempo.... e não a vida...

a vida é outra coisa....

 

02-01-2014

A faixa de Luz... que é a felicidade!..............

Movimentamo-nos num espaço e num tempo que têm uma dimensão própria.

Conseguimos deslocarmo-nos na dimensão do espaço mas, ainda, não conseguimos movimentarmo-nos na dimensão do Tempo.....

A felicidade poderá ser entendida como uma faixa de luz, muito estreita, que entrecruza a dimensão espaço e Tempo, dependente dum equilíbrio e dum fluxo de vida permanente, contra o qual não podemos lutar.... mas podemos ter a sabedoria de querer alcançar a liberdade...

Conseguir viver e caminhar na faixa de luz pode ser o resultado de conseguir aceitar a realidade, numa luta constante entre o apego e o desapego...

Conseguir ver a realidade como ela é, sem preconceitos, crenças e culpa.... Conseguir ir para além da fronteira do conhecido, expondo sempre os próprios limites... o que traduz a insegurança do desconhecido.......... mas que representa a própria realidade…

As sombras e os desequilíbrios que nos desviam da faixa de luz resultam da entrada em ação do ego, no seu afã de controlar, possuir e dominar...

Assim esmorece a luz, não conseguindo experimentar o amor na sua verdadeira essência... permanecendo na sombra como uma extensão do ego.... O ego apaga sistematicamente a luz, num vento de ilusão contínuo....

A pressão da Sociedade moderna e a idolatria do ego faz-nos viver continuadamente num mundo de sombras, não permitindo mais do que um fluxo de luz trémulo e indelével, numa faixa instável e enganadora, e ainda que muito esporadicamente....

 

Posts 1 a 10 de 30

 

Seguinte Último

Voltar