Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

: Blog

23-12-2012

Percorrer a vida e não vivermos... Percorrer a vida e não amarmos...

Querer ter fama, fortuna e poder.... mas não ter alegria, nem felicidade..... Querer ter e não ser....

Ali tão perto..... e tanta solidão, vazio existencial, ausência de sentido de vida e monotonia....

A vida é um caminho... emaranhado de dificuldades e obstáculos.... A necessidade de aprendermos a suportar os obstáculos, compreendê-los e superá-los....

A vida não é só acalmia e sol tranquilo... A vida tem imensos ventos e ondas de turbulência...Temos que estar preparados para as dúvidas, as inseguranças, as revoltas e os medos que daí advém...

Temos que ter a capacidade de mudarmos, de nos adaptarmos...Temos que saber que o segredo (e o destino) está nas escolhas que fazemos...Temos que saber que lamentarmo-nos não leva a lado nenhum.....Temos que saber que erramos e voltaremos a errar certamente...

As dificuldades são oportunidades para crescermos e evoluirmos...

Acima de tudo... aprender a prevenir os erros...

Acima de tudo... não adianta lamentarmo-nos ou culpabilizarmos…

Acima de tudo... não desistir...

Acima de tudo... acreditar... ter esperança..

Todas as pessoas passam por momentos e situações difíceis e tormentosas...

Acima de tudo.... semearmos em nós... paciência, serenidade, o perdão, a tolerância, o amor....

Acima de tudo... governar as emoções... e controlar os pensamentos....

Deliciarmo-nos em cada momento da vida....

Acima de tudo... ter força, sabedoria e esperança....

A vida deve ser vivida com intensidade e não deve ser desperdiçada...

Acima de tudo... procurar uma razão para viver e um sentido para a vida...

Acima de tudo... entendermos que temos defeitos e limitações... que somos humildes caminhantes num caminho de evolução… e que temos que aprender…

Acima de tudo... compreender, amar… e não julgar e culpar os outros...

 

16-11-2012

Como tratamos os outros?......

Tratamos os outros... como nós gostaríamos de ser tratados.... e nunca lhes perguntámos como, de facto, gostariam de ser tratados....

Queremos ajudar os outros!..... Queremos ser a solução.... queremos tratar os outros como queremos ser tratados.....

Mas.... será que os outros querem ser tratados como nós gostamos de ser tratados?....

O nosso modelo pode e não é certamente o modelo da outra pessoa!

Nem nunca saberemos se existe um modelo único e certo....

Queremos ajudar... mas ajudamos como gostaríamos de ser ajudados.... mas, nunca perguntamos ao outro como é que ele gostaria de ser ajudado...

Tratamos os outros... como nós gostaríamos de ser tratados... e nunca lhes perguntamos, de facto, como gostariam de ser tratados... o que é que querem mesmo?...

Interpretamos o Mundo dos outros pelo nosso Mundo.... e não percebemos que não somos o modelo universal.....

O problema é que nunca perguntamos aos outros como é o seu Mundo... e o que é que realmente querem.....

Queremos ajudar... mas não sabemos ajudar.... e não sabemos mesmo se estamos a ajudar!.....

Necessariamente que primeiro temos que descobrir o que querem os outros....

Necessariamente que primeiro temos que descobrir como gostariam de ser ajudados...... como gostam de ser tratadas.............

Necessariamente que primeiro temos que descobrir o que querem mesmo.................

 

14-11-2012

Alguém já lhe perguntou... o que é que te faz feliz?

Vivemos num Mundo superficial e egolatra. Virados para dentro... nunca nos questionamos... sobre o outro(a) com que nos relacionamos.

Estabelecemos que o viver a dois é uma relação estática!.... Errado!

Estabelecemos que o outro (a) é que tem que se adaptar a nós!... Errado!

Estabelecemos que temos sempre razão...e que o outro (a) não tem!... Errado!

Estabelecemos que nunca nos devemos colocar no lugar do outro (a) (processo de empatia), mas que o outro (a) é que se deverá colocar no nosso lugar!... Errado!

Aprendemos, desde muito cedo, que o Mundo deve girar ao nosso redor...e não percebemos que nas relações a dois há uma intersecção de dois Mundos.

Basicamente, e de maneira simplista, funcionamos como círculos!..

O meu círculo e o círculo da outra pessoa. Nunca, a bem duma relação, os círculos se deverão intersectar totalmente.

Os círculos devem intersectar-se, em maior ou menor área segundo as atitudes, comportamentos e personalidades das duas pessoas, de modo que haja um campo de união, de partilha e sintonia....

Existe um campo, correspondente a cada um, que não se intersecta numa relação a dois. É o campo do Eu interior, o campo de liberdade de cada um, o campo da individualidade, da realização e da afirmação pessoal…

Uma relação a dois deve proporcionar um espaço a cada um..... uma área de liberdade... porque o amor é liberdade, é auto realização pessoal...

O amor não deve asfixiar, não deve sufocar.....

Na área onde os dois campos se intersectam.... deverá existir partilha, diálogo, união, sintonia..... deverá existir dialogo.... presença... afectividade… amor....

É a área onde existe uma relação dinâmica... que deve ser trabalhada diariamente.....

É a área onde o um deseja o melhor...... e quer fazer feliz o outro(a)....

É a área onde se deseja o melhor para o outro............

Mas.... nesta área..... existem habitualmente muitos deficits..... da comunicação, do diálogo, da compreensão, da tolerância, da simpatia, do querer o melhor para o outro, da empatia, do amor, da paciência...... tantas áreas para trabalhar numa relação a dois.... e que são descuradas..... porque se assume a sensação de posse nessa mesma relação... É meu, é minha!.....

No fundo..... a questão básica é.... já perguntou ao outro (a).....

...... o que é que te faz feliz?

.............. o que é que te faria verdadeiramente feliz?

.... como é que te posso fazer feliz?............

 

23-09-2012

O amor em letras invisíveis.............

Era uma vez um menino pobre, humilde e simples..... que cresceu e se transformou num Homem com criatividade ilimitada, rebelde, inovador e energia inesgotável.

Um dia.... encontrou uma princesa que passeava alegremente nos jardins da Terra do Sempre igual....

Apaixonaram-se ao primeiro olhar... perceberam que eram a imagem do amor verdadeiro, que todos procuram... e poucos encontram.........

Num simples olhar.... os corações tocaram-se... o amor fluiu livremente entre os dois corpos..... inebriaram-se de vida e felicidade... dançaram de alegria....

Porém.... os seus lábios nunca se tocaram... os seus corpos nunca se abraçaram..... e o destino não quis que o amor frutificasse....

O tempo escreveu impossível... para além da realidade... para além do visível....

Mas.... o Homem vestido de rebelde... não desistiu.... quis que o amor existisse para além do impossível.... para além da vida....

Olhou novamente para a princesa e ofereceu-lhe.... um livro seu.... Um livro diferente.... um livro que.... estava em branco.....

Mas.... não estava.....

O livro estava escrito em letras invisíveis.... letras escritas pelo coração....

Letras que só ele conseguia perceber...  Letras que só ele via....

Numa última despedida da princesa....... num último suspiro de amor... ensinou-a a ler as palavras invisíveis.....

A princesa viu então aparecer no livro as palavras de amor invisível........... e ficou encantada...

Ela também via com o coração............ ela também conseguia ler as palavras invisíveis.....

Ela partiu..... sem olhar para trás.... com o livro na mão..... e o segredo no coração.............

Ela conseguia ler o que só outra pessoa lia...

Ela conseguia sentir o que só outra pessoa sentia............

O Tempo ensinou que só o coração consegue ler as palavras de amor invisíveis............

Nunca mais se encontraram.....

Mas.... sempre que a princesa ia à janela....... via escritas na parede do castelo... palavras de amor... para ela.....

 

22-09-2012

O jardineiro das emoções..............................

Era uma vez um jardineiro de emoções que, percebeu que as sementes que a maioria das pessoas semeava..... não eram as sementes certas...

Percebeu a diferença..... percebeu que aquele não era o caminho..............

E, um belo dia, num armazém perdido e abandonado..... descobriu umas sementes que já ninguém utilizava...............

Encontrou sacos e sacos..... dessas sementes..... no armazém abandonado.............

O jardineiro das emoções.... percebeu que havia ali um brilho especial.... percebeu que eram interessantes.... Interrogou-se! Porque é que poucas pessoas ou ninguém as utilizava?... Ele conseguiu ver o brilho especial daquelas sementes...........

Eram sementes de tolerância, de paciência, de generosidade, de amor, de serenidade...

Percebeu que aquele era o caminho............ mesmo quando todas as pessoas as tinham esquecido.............

Na manhã seguinte... resolveu começar a semeá-las..... nos campos internos e nos campos externos da sua vida....................

Semeou todas as sementes que conseguiu...... semeou todos os campos que encontrou...........

E esperou........... Ele esperou.................

Enquanto as outras pessoas preferiram semear as sementes da superficialidade e da futilidade....... ele esperou!....

Acreditou naquilo que semeou.......

Esperou.... tão somente....

Ele sabia que, um dia, as dificuldades e as tormentas... atingirão todos os campos de cultivo..... Nesses dias surgirão obstáculos imensos, perdas e desespero...... Nesses dias os campos serão devastados.....

O jardineiro da emoção acreditava nas suas sementes... e esperou.....

Nesse período de tempo, foi à escola da consciência, aprendeu a liderar os pensamentos, a gerir as emoções, a dialogar, saber escutar... e a respeitar e ajudar os outros...........

Sabia que um dia os conhecimentos e a sabedoria que possuía... seriam úteis....

A cada dia que passava... sentia mais e mais.... o brilho imenso de felicidade a preenchê-lo...

Um dia...... ele sabia que esse dia viria..... a Terra foi assolada pela tormenta das preocupações, das dificuldades, da depressão, do vazio existencial, das vidas sem sentido, do desespero..........

Naturalmente..... os campos de superficialidade e de futilidade... foram completamente devastados... e as pessoas ficaram destroçadas....

No campo do Jardineiro de emoções entretanto.............. foram germinando as sementes que semeou.....

Tornaram-se campos de flores de consolo, de sabedoria, de força, de coragem e de compreensão......

A tormenta das dificuldades também atingiu o campo do jardineiro...... como todos os outros.....mas este campo estava bem plantado da terra..... as raízes eram profundas...... as flores agitaram-se, vacilaram.....mas mantiveram-se firmes e mais viçosas ainda.....

O Jardineiro das emoções acolheu então as pessoas que a eles recorreram.... ajudando todas e mostrando qual era o caminho..... iluminando o caminho de escuridão daquelas pessoas que tinham semeado as sementes erradas.....

Foi assim que o jardineiro das emoções foi semeando mais e mais sementes.... e, sobretudo, ajudou as pessoas as semear as sementes certas....

Foi assim que as pessoas voltaram a recuperar o sorriso.............

 

19-08-2012

Reinterpretar a vida.....

Está na altura de darmos uma nova interpretação à nossa vida....

Vivemos demasiado dependentes do que não temos e que desejamos..... e não valorizamos o que temos verdadeiramente........

Penso que já perdemos demasiado tempo a interpretar um papel errado....... Dissolvemo-nos integralmente em perceber e sentir o que é o ter e o não ter...

A crise e a agressividade crescente no Mundo..... é o momento certo para compreendermos verdadeiramente o que somos.....

Temos estado sempre absorvidos pelas nossas expectativas e desejos.... que não reagimos da melhor maneira ao momento presente....

Perceber e encararmos o que não queremos no nosso caminho.................

Limpar as crenças, os preconceitos, as atitudes e comportamentos...que não nos servem e que, de todo, não precisamos.............

Quebrar o bloqueio que impede o fluir da vida....

Conseguir separar o que queremos e não queremos.... sejam atitudes, pensamentos, emoções negativas, relações.............

De um modo geral, não valorizamos o que temos... não apreciamos o que temos ( e que pode ou é muito, na maioria dos casos…), não nos regozijamos com o que temos.... não nos felicitamos pelo que temos........ não agrademos o que temos.... E isto porque..... o que não temos.... ensombrece duma maneira geral, tudo o que temos... O ser humano habituou-se a sobrevalorizar o que não tem..... O ser humano está obcecado pelo que não tem..... O ser humano vive infeliz pelo que não tem..... e, até, morre pelo que não tem..............

O ser humano tem que aprender a relatividade do desejo... aprender o que são apenas expectativas ...

O ser humano tem que aprender a descobrir o encanto de cada pormenor que compõe a sua vida..

Certamente que nem todos, nem tudo, encaixa no puzzle da nossa vida....

Saber viver o amor na sua essência… saber perdoar ao outro... ajudar o outro.... distribuir sorrisos... agradecer cada momento da vida...sorrir á vida.... Saber viver verdadeiramente....

E não destruirmos a vida..... pelo que não temos..............

O que não depende de nós.,..... nunca deverá ser motivo de preocupação e tristeza....

Apenas o que depende de nós..... deverá ser motivo de aperfeiçoamento.............

Perceber verdadeiramente..... a importância e a relatividade do ter e do não ter.............

Ou seja, a importância de darmos uma nova interpretação à vida..............

 

08-07-2012

será que temos feito o necessário..... trabalho interior?....

Será que temos feito o trabalho interior... o qual é necessário para evoluirmos como seres humanos?

Tornámo-nos pessoas mais serenas e tranquilas?

Tornámo-nos pessoas mais felizes e alegres?

Tornámo-nos pessoas mais pacientes, mais generosas, mais bondosas, mais tolerantes?

Tornámo-nos pessoas menos ansiosas?

Provavelmente.............................. não!

Provavelmente.... só quando a vida se tornar uma rotina, um tédio.... sem sentido.... é que percebemos que deveríamos ter feito o necessário trabalho interior.... que não fizemos!

Nessa altura... poderá ser tarde demais..... a vida pode já não ter encanto......

............................................

Dê o primeiro passo.... se ainda não o deu!

Ame!.... Acredite no amor.....

O amor... simboliza a vida.... é mesmo... a substância básica da vida!

Amar... é aceitar.... o outro...........

Amar.... é valorizar o outro.............

Amar.... é respeitar o outro..............

Amar.... é dar afecto.............

Amar... não é só colher a flor do amor.............

............ Amar.... é preparar e trabalhar o terreno para essa flor........

............. Amar... é ter paciência e saber esperar... que a flor cresça, não deixando de a regar e cuidar diariamente...........

Amar.... é ser terno com o outro............

Amar... é ser generoso........

Amar... é compreender o outro...............

Amar... é ser íntegro, ter valores, lutar pela verdade e pela justiça..............

Amar... é ter uma vida com sentido............

Amar... é dar significado á vida...........

Amar... é ser humilde............

Amar... é perceber o que é essencial.....

Amar... é ajudar os outros.............

O amor é a luz na escuridão.............

Amar... é saber escutar e dialogar..............

Amar.... é não ter os maus sentimentos (orgulho, prepotência, inveja, maldade, injustiça, falta de respeito pelos outros)

................................

Não se pode viver sem amor........

Não se pode viver sem os outros...........

Ama..... é não estarmos sós..............

Amar.... é converter a vida num prazer imenso...... a cada momento...........

 

20-06-2012

Tudo tem um tempo?

Um tempo para acordar.... um tempo para dormir.....

Um tempo para nascer... e um tempo para morrer....

Um tempo para comer... um tempo para beber....

Um tempo para amar.... um tempo para chorar... um tempo para rir....

O tempo existe para ser vivido.... o tempo somos nós que o fazemos....

Mas.... não deixará de existir.... sempre..... um tempo para......

O tempo existirá sempre!... Nós não......

O tempo é!.... nós somos!....

O problema é que nós não sabemos viver o tempo.... não sabemos possuir o tempo.... não sabemos ser o tempo....

Porque o tempo somos nós... e o que fazemos dele.....

Existirá sempre algo mais para além do tempo.................

Mas..... tudo tem um tempo para acontecer....

O tempo acontece no momento.... e pode já não existir para lá desse momento....

Tudo tem um tempo.... para acontecer....

Mas.... nós podemos alterar o tempo..... nós podemos alterar o que acontece no tempo.... nós podemos alterar o que temos no tempo... nós podemos alterar o tempo que somos....

Porque gastamos tão mal o tempo?

Porque não sabemos aproveitar o tempo?

O tempo voa............. O tempo vai-se esfumando... quando subimos a montanha...

O caminho até e da montanha... depende de nós....

O segredo está no caminho para a montanha.....

Todas as pessoas terão que subir a montanha... e descer.....

O segredo está na maneira como se caminha na montanha....

O segredo está em conseguirmos ver o tempo... quando subimos e, sobretudo, quando descemos a montanha....

Vermos o tempo que nos rodeia...vermos o tempo que mergulha em nós............

O segredo está em nós.....

O segredo está em conseguirmos ver o tempo..... quando se sobe a montanha....

Tudo tem um tempo?....

Não!... Nem tudo tem um tempo...... mas o tempo pode mergulhar em tudo...............

 

17-06-2012

Nunca perca a esperança..............

Não deixe de acreditar! Não perca a esperança! Nunca! Tudo poderá melhorar!...

A realidade hoje é diferente da realidade de amanhã!

As nuvens negras do desânimo e da tristeza... darão lugar a um Sol radioso e intenso........

Porque a vida é tão curta! É mesmo muito curta! É apenas um sopro!.. É uma passagem breve!...

E porque na vida há apenas dois aspectos básicos e essenciais: o amor (o saber viver o e no amor) e o bem estar interior.

O bem estar interior dá-nos tranquilidade e serenidade... ajuda-nos a ultrapassar os obstáculos.... faz-nos compreender o objectivo e a verdadeira missão na vida....

Não interessa a riqueza material.... não interessa a beleza exterior..... Interessa sim, e de forma preponderante, o sentirmo-nos bem.... de modo constante... presente a cada momento............... ou seja, o Bem estar interior....

Porque nos permite viver intensamente............ cada momento, cada fracção de Tempo de que dispomos............

O Bem estar interior permite-nos dançar com a vida..... ao sabor do tempo..... permite-nos ter gosto pela vida..... absorver cada momento....

O Bem estar interior consegue-se com trabalho intenso, paciência e persistência...... tentando melhorar a cada dia.....

O Bem estar interior....... estará sempre dependente do jogo entre as emoções positivas e as emoções negativas..... E as emoções negativas são claramente o elemento mais perturbador do nosso bem estar interior...

Se queremos o bem estar interior............... então teremos que neutralizar as emoções negativas e, sobretudo, minimizar os seus efeitos devastadores....

A vida não é fácil.... bem pelo contrário! A cada dia que passa é mais competitiva e agressiva a nível pessoal, familiar e profissional.... A cada dia que passa a crise financeira nos afecta mais e mais....

Mas............ nunca perca a esperança!..............

Não perca a esperança...quando surgirem as dificuldades e os obstáculos.............. financeiras, emocionais e amorosas......

Não deixe de acreditar..........

Mas, acima de tudo, e sempre, trabalhe o interior............ trabalhe sempre.............

Acima de tudo... mesmo perante as dificuldades e os obstáculos... não perca a esperança! Confie! Acredite que é possível melhorar!

Viva, sinta e exale amor........... viva e sinta o bem estar interior!........

Porque tudo poderá melhorar amanhã!................

Tudo vai melhorar se tiver amor...e bem estar interior...............

 

31-05-2012

O Ego e..... os outros......

A dicotomia do não saber viver e do saber viver verdadeiramente...........

Perde-se demasiado tempo e energia em prol de algo que não tem substância, não tem credibilidade e não tem razão de ser....

Mimamos, adoramos, abrilhantamos e adornamos o ego como se fosse a verdade, como se fosse a entidade toda poderosa que nos dá o fio condutor da vida...............

O ego só nos desvia do verdadeiro caminho, o ego só nos desvia da nossa missão na vida...

O ego não existe verdadeiramente........

foi inventado pela Sociedade... para que ela saciasse os seus desejos, as suas obsessões... e que continuam a alimentar o fútil, o superficial... e o acessório...

Porque o ego não tem rigorosamente nada a ver com o Amor, com a doação, com a entrega.... O ego é o impostor, o convencido, o fanfarrão... julga ser o maior perante os outros.... Aliás ele alimenta-se dos outros.....

A diferença entre saber viver e não saber viver...está centrada na relação entre o ego e os outros........

Quando o ego se insufla, única e exclusivamente para mostrar aos outros.... significa que estamos longe do caminho, da verdadeira missão e do objectivo de vida....

Quanto mais o ego se alimenta dos outros..... menos existe na entrega aos outros, menos amor temos para dar aos outros....

Conhecer o verdadeiro amor... passa por perceber o que é verdadeiramente o ego e neutralizá-lo a pouco e pouco... de modo a que possamos reduzi-lo a um simples fumo da existência....

Porque nós não somos quase nada, não temos quase nada, não sabemos pouco mais do que nada..... Afinal... nós somos apenas humildes caminhantes...

Quem pensa que é mais do que isso... desconhece quase tudo da vida.... está longe de perceber a dimensão da realidade.... está longe de perceber o significado da existência....

Se o significado da existência está na entrega aos outros, no conhecimento e na vivência do verdadeiro amor.... então o ego tem que ser reduzido a um simples fumo de vida… para que possamos trabalhar o outro lado da balança....

É fácil?.. Claro que não!

É difícil?... Muito difícil!...

Mas esse é o desafio mais gratificante.... conseguirmos vencer o ego......

É um trabalho que se repercute na percepção da realidade suprema e na capacidade de entendermos o significado da vida na sua forma mais elementar....

É possível? ... Claro que quase tudo é possível... quando queremos verdadeiramente.....

O desafio é claramente anular o ego... que se alimenta dos outros..... pela mente......e entregarmo-nos aos outros... pelo coração....

Afinal não é assim tão importante querermos ter sempre razão............

Importante é mesmo deliciarmo-nos com a vida...... e bendizer cada momento que passa....

O ego apenas existe..... para não nos fazer felizes...............

 

13-05-2012

.......... E nós?

...Quando tudo parece escuridão, quando só apetece desistir, quando a vida não parece ter sentido, quando parece que ninguém gosta de nós.......................... Há sempre alguém que pensa ou diz... e nós????

Há sempre um olhar meiguinho a sorrir para nós, há sempre uns corações a dizer.....E nós????

Esse nós..... pressupõe sempre que há alguém que merece...... pelas quais vale a pena continuar.....que lutemos, que ultrapassemos todos os obstáculos....

Quando somos autênticos, quando somos nós mesmos, quando praticamos e desejamos o Bem, quando ajudamos os outros, quando amamos, quando damos uma parte de nós...aos outros!!!!..... há sempre alguém a amar-nos!...porque nós amamos!...

Sempre teremos momentos de dúvida...... sempre nos questionaremos..... pelo caminho que fazemos......

Mas, se praticarmos o Bem... haverá sempre alguém a pensar.... e nós???? Haverá sempre alguém a dizer... obrigado..............

Quando praticamos o Bem... quando queremos o melhor para os outros... há sempre alguém a dar-nos força para continuar… alguém a fazer-nos ver que estamos no caminho certo..... Há sempre alguém dar-nos o melhor deles..... o coração!!!

Quando ouvirmos.... e nós?????....Há sempre alguém a dizer-nos que somos a luz na escuridão....................

 

02-05-2012

O amor não se questiona, nem se interpreta....

O amor não se interpreta ou questiona..... O amor sente-se e vive-se................

O amor não tem ciúme... o amor é liberdade................

Porque viver o amor..... é ter paz no coração..........

Porque só se vive realmente... em amor....... e no amor............

Porque no centro do amor... existe um abraço....

Porque na ponte do amor... existe a saudade..............

Colocar a afectividade... no cerne da procura da felicidade...

........... onde caminhamos... onde tentamos encontrar... onde somos e onde estamos.....

Porque não vivemos sem um abraço..... nem nos sentimos realizados.... nem somos uno......

Mas... a saudade é a ponte do amor.... e para o amor.... Porque dá amor..... aos salpicos e a jorros.....

O amor não se interpreta... e interpreta-lo... é desperdiçar energias....... é anulá-lo!

O amor não se questiona..... porque se o questionarmos estamos a duvidar dele... e quem duvida não ama.....

O amor dá-se e vive-se.... num abraço e até na saudade.....

O amor entrega-se e sente-se..... na saudade e também, e muito, num abraço...............

Porque o amor.... é de quem..... não desiste de acreditar... que há algo mais para lá do horizonte.....

Porque sem um abraço... não há ponte para.... o amor!

A saudade de um abraço............. é viver o amor............. na ponte para a autorrealização!

 

11-02-2012

A janela da oportunidade...

A janela da oportunidade bateu á porta da vida................

Presente no momento.... Serena  e oportuna.........

Compareceu apenas.... e simplesmente....naquele momento....

No Tempo certo... na ocasião adequada...........

Alguém que olhou.............

Pediu para entrar apenas.............

Á porta da vida estava o senhor X e o senhor Y.

O senhor X..... habitualmente lamentador.... negativista..... depressivo......descrente...

Olhou para a porta........ e continuou no seu mar de lamentações........ lamentando tudo... até pelo facto da vida não lhe dar oportunidades........

Olhou para a porta e não viu ninguém....

O senhor Y.... olhou para a janela...e viu alguém.....

Soube olhá-la nos olhos.... e percebeu que estava ali... o que procurava e desejava...

Olhou  para ela... sorriu... e abriu a sua porta à janela da oportunidade....

...........E agradeceu.... agradeceu o momento.... agradeceu a oportunidade....

A oportunidade apareceu... como aparece sempre......

Vê-la e senti-la... é mais difícil..... porque não a percebemos.... porque não temos tempo.... porque não acreditamos....

O ser humano está, habitualmente, demasiado ocupado para conseguir ver para além do visível.....

O ser humano até tem dificuldade em ver para além do que acredita pouco ou não acredita.......

O ser humano até tem dificuldade em ver para além do possível............

O ser humano deixa-se levar pela onda do desânimo..... e não acredita que é possível.... que a janela de oportunidade lhe bata, um dia, á porta da vida.........

O senhor X..... ainda continua a pensar na oportunidade que não aparece...............

 

10-01-2012

A luz da lua....

Somos nós.... que vemos a luz ao longe, mas não deixamos de estar na escuridão!....

Somos nós, às vezes, a luz...mas não deixamos de sentir a solidão!....

Somos nós a dor.... mas não deixamos de sentir a sua falta!........

Somos nós o ar..... mas não deixamos de sentir a sua falta!

Somos nós o calor.... mas não deixamos de sentir a ausência!

Pensamos que nos compreendemos... mas depois percebemos que não!...

Pensamos que compreendemos os outros... mas depois percebemos que não!

Pensamos que vivemos rodeados de pessoas... mas depois sentimos que estamos sós... no meio da escuridão!

Olhamos para a Lua... serena ao longe... e percebemos que caminhamos sós na escuridão!

Como é triste o que sentimos na escuridão!

Porque é que somos diferentes?

Porque não procuramos, como a multidão, o candeeiro de luz da atracção?

Porque continuamos a acreditar na luz da Lua?

Porque continua a multidão ao redor, viciados, do candeeiro de luz da atracção?

Que bebem as pessoas de tão viciante candeeiro?

Bebem e voltam a beber.... hipnotizados!

Qual vício, qual obsessão!........Quanta frustração.......que não percebem....que não têm força para perceber......

Quanta intensidade desperdiçada.................

Uma e outra vez.....e esvoaçam perdidamente ao redor do candeeiro de luz da atracção, enebriados, hipnotizados......

Poucos, muito poucos, procuram a luz da Lua!....

Poucos...esses...... que continuam a caminhar e a acreditar que a conseguem alcançar!

 

 

01-01-2012

A vida como um fluxo...........

A vida deverá funcionar como as águas de um rio........... em fluxo permanente!

O corpo físico e mental tem um sensação de bem estar permanente e felicidade..... sempre que percorrido num fluxo ininterrupto de corrente.... um movimento sem paragens... sem interrupções............. um fluxo contínuo de vida...........

O egoísmo e o orgulho  provocam um bloqueio ao fluxo de vida...... não permitindo essa circulação... O túnel de vida é dominado pelo Tempo, numa dimensão diferente.....

Com o egoísmo, o fluxo de vida estagna, não permitindo o alinhamento entre o interior, o Eu, e o meio exterior, ambiente e Universo.

Penso que a felicidade está directamente relacionada com esta dinâmica do fluxo de vida.... que entra em nós... e é bloqueada ou não!....

Nós, a nossa missão nesta vida, a nossa felicidade, não é mais do que a capacidade de desbloquearmos essa dinâmica do fluxo de vida.....

A chave para desbloquearmos o fluxo de vida,...... bloqueio que é inerente ao ser humano......, é a gratidão e o sorriso!!!...

Quando se está grato pelo que se tem, pelo que se é..... conseguimos interagir, em sintonia perfeita com o OUT, na realidade do querer ajudar e servir o próximo........

Os outros são claramente a razão da gratidão...... e a gratidão a chave do fluxo de vida.........

O IN tem que agradecer.........  agradecer o ter e o ser....

O IN, por intermédio da gratidão e dum simples sorriso, permite a sintonização perfeita com o OUT, anulando a dimensão do Tempo e criando a sensação de bem estar e felicidade...

O IN, por intermédio do egoísmo e do orgulho, bloqueia o fluxo de vida... não permitindo a sintonia..... com o OUT

 

 

Posts 1 a 10 de 15

 

Seguinte Último

Voltar