Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

: Blog

26-12-2015

A inquietude constante...

Na pressa de chegar...na pressa de estar, de ser, de querer..

Pressa de partir, pressa de chegar.......

Pressa de estar, pressa de não estar......

Não desfrutar do bem-estar, da tranquilidade, da beleza, do ser...

A pressa de querer estar onde não estão para chegar e não estar....

A pressa de quase ser...para se não ser...

Uma inquietude constante... em cada momento...em cada dia ...na pressa de estar onde não se está...e onde não se é...

Para quê tanta pressa...se depois temos, inevitavelmente, que parar..por uma razão ou outra...

Somos obrigados a parar..mais à frente....

E nunca pensamos no bem-estar que perdemos, na tranquilidade perdida, nos momentos de vida que não desfrutámos...

Mais além, a contagem dos momentos....

A inquietude do local na falta de paciência......para saber viver....

Por medo do futuro....medo que existe para lá do muro..

Por querer ser uma inquietude...........

 

19-12-2015

As mensagens como sinais...

Nos símbolos que existem para todos os seres humanos e no significado profundo que representam .....a importância de poder construir um diálogo interior como uma ilha imaginada.

Faz-nos lembrar que se pode soltar de repente.....quando isso acontece...na discrepância de uma ligação.... Teríamos detetado as falhas?

Espalham-se como modelos  e como meio de informação...... quando se torna instável o conhecimento na tarefa diária...

Será possível estarem entre as explicações que julgamos ser?

Curiosas semelhanças existem no que descobrimos como locais de refúgio em áreas ligadas ás direções da vida....

É empolgante descobrir se queremos enfrentar o conhecimento.....

Conter uma mensagem nos chips por ver e aceder ao futuro por explorar.....

De algum modo para acedermos à energia criada...... e que faz sentido no que sabemos....devemos fazê-lo para tentar perceber...

Quando vemos as mensagens possíveis a que pertencemos no campo de energia que rodeia o registo em tempo real.....

Não sabemos o que esperar e o que emitem, mas correspondem ao que se permite usar para a nossa vida.

Não temos grandes expectativas em captar o conhecimento que emana das mensagens como sinais...porque não temos capacidade para tal....ou não sabemos que existe....

As mensagens apontam caminhos ...os sinais são direcções a seguir............

Com cores diferentes podem, de facto, mostrar o caminho?

No verdadeiro poder que acontecerá se se concretizar, se for verdade para nos ajudar.......

Sairá sempre uma lição na viagem por encontrar...

Revela a verdade na forma que capta...a verdade no propósito diante dos nossos olhos....

Por alguma razão vamos encontrar os sinais............

 

13-12-2015

Desenhar com as palavras...

Por detrás de um papel....alguém pegou em palavras, frases, momentos, comentários e beleza....e libertou a chama que existe em nós....
Na magia de um texto, as emoções escaparam ao autor e saltaram para uma folha de papel em branco...numa espiral de luzes, estrelas e querer...
O momento escolheu ..o amor e a criatividade e nada foi melhor....
As frases, como que por magia, desapareceram num baile ininteligível e deliciaram-se na música do encantamento que tínhamos de ter feito...
As palavras desenharam uma vida....numa liberdade de sonhos....uma luz...e percorreram os espaços....navegaram num mar invisível e......desenharam uma história que ninguém pode deter...
Não pode ter sido tão fácil...mas corremos o risco ...e aconteceu.....
As palavras desenharam emoções numa vida inacreditável para ser vivida...e que precisávamos para dizer a verdade.....
As pessoas irão dizer que não viram os desenhos....que é invenção.....mas depois de sentirem...conseguem ver, de facto, os desenhos invisíveis das palavras do amor....construídos numa vida de oportunidades que deveriam ter vida....
Nunca desapareceram os sinais invisíveis dos desenhos..........

 

10-12-2015

Há momentos para emoldurar...

Uma pequena luz por baixo de uma semente que insiste em não poder ser utilizada muito intensamente no perfume de uma ocasião....
Sente-se na leveza de momento belo e doce que pode mudar-se para cá......... pela prática de um paradoxo possível que vamos ver e encontrar no amor....
O local onde acontece......
Voltar a desfrutar do que aconteceu....porque estavam no tempo máximo...para atingir o entusiasmo original...... a partir do que não se faz....
É parte de uma pequena conversa que subiu o rio do impossível......sem saber o resultado.....
Misturar a admiração com imensa paixão que desenvolveram......foi uma impressão tão facilmente presente......
Por sua causa....... no interior....sabe disso........como se aquilo não bastasse....
Esquece-se tudo enquanto se queimam........na sensação incrível...
Chegar mais depressa...o suficiente....
Seria seguramente invulgar...........
Depende do ponto de vista........
A melhor solução decorou o coração de alguém....
Começam a vasculhar na incerteza da procura que sempre interessa como parte de nós....
Escolhemos as circunstâncias de conjugação que começam no estilo alcançado...onde há de tudo.......para convencer...
No entanto, nos momentos agradáveis...prefere esgueirar-se....para trás do Sol...
Está alguém atrás do Sol?........
Só quero ver o teu sorriso..........

 

29-11-2015

Os momentos de pausa... e até de dúvida... são essenciais

Parecem sempre tudo o que perdem….
Os momentos de pausa são realmente a chave que não creio que esteja longe.
Não sei a quem não me sinto confortável.... num papel onde precisava....
Fiz o que era preciso fazer. Chegar ao local tinha muito melhor alcance.
Tipicamente misturam-se duas partes para formar uma.
Não podemos falhar….o pedaço da história....
Melhor que a vida é impossível…
Tudo no caminho mostra a beleza…
Pode ser muito valiosa....todos os dias da minha vida...
Mais raro mostra ainda o entusiasmo....que o sentimento vai…que não vê disto...este tempo todo....
Tenho de me agarrar bem ao objectivo e determinação…Posso ir lá…
Estamos sempre mais perto do que pensamos….Pelo menos tentámos….ver mais...
Vou seguir o meu instinto....acho que me vai ajudar a descobrir...
É essencial a última oportunidade uma vez além do mais.....
..... ás vezes.....
....... com o que realmente queríamos que é tão agradável...e que não conseguimos....

 

22-11-2015

Uma via de dois sentidos...

Não sabemos lidar com os assuntos...
Queremos subir a montanha e não percebemos ou entendemos....o que é viver com os outros...
As intenções visíveis por detrás das evidências...
O que estamos a fazer?
O desejo....o querer possuir... o ser egoísta....
A causa esquecida no entendimento do que dizemos...
A via da vida tem sempre dois sentidos....o ir e o vir...
O que fazemos aos outros ....volta sempre na mesma via....
Não se consegue dissuadir a mente...e a própria consciência....
Em que sentido vamos?
Qual é o caminho que tomamos
As ações não se apagam ....
Para corrigir o papel ....que acontecerá?
A falta de respeito em linhas cruzadas ou diretas pelos outros descobre-se na via de dois sentidos...
Os factos pagam a conta..sempre...
Não há opções...
O que fazemos aos outros.....voltará sempre para nós...inevitavelmente!
As montanhas da dor esperam por nós ...em cada objetivo que prejudique os outros...
Sabemos isso...e continuamos.....
Quando acordaremos?
Existe um código da vida....É a realidade....
Não há nada que nasça da maldade...a não ser a própria maldade!
O sinal para irmos embora..vai ouvir linhas cruzadas.
As amostras esquecem facilmente este assunto...na experiência colectiva.
O tempo suficiente nas montanhas....significa alguma coisa....
Não há terra em lado nenhum...
Estar na pista certa do coração....antes que seja tarde demais.....
Quando fazemos o bem....e respeitamos o outro ser humano....o espírito do amor à nossa volta....é o perfume que faz parte da flor da vida....
A cada instante....as nuvens recriam o tempo na escolha.....
A madrugada quase escolhida adora desenhar o que quase me esquecia.....

 

25-10-2015

O Abracinho...

Era uma vez um menino chamado Abracinho, que vivia na Terra da Felicidade, numa residência chamada Casa dos Afectos. Ao lado existia a casa do Apreço. Eram moradias geminadas, com uma grande proximidade entre elas. Interrelacionavam-se muito. Falavam e partilhavam emoções nos momentos do dia a dia.

Na casa dos Afectos viviam os pais, O Sr. Amor e a Sra. Respeito e os seus filhos, a bondade, a generosidade, a simpatia, o sorriso, os miminhos, os beijinhos, os carinhos e também.....o abracinho.

Na casa dos Afectos reinava a paz do coração em tudo o que faziam. Exalavam o perfume do bem estar. respiravam afectividade.

Mas.....enquanto os outros irmãos andavam sempre alegres e bem dispostos, mesmo quando se encontravam sozinhos.....o abracinho, por seu lado, era o mais novinho, e de novinho que era não tinha experiência nem sabia porque estava triste e sozinho, sozinho e triste....precisamente porque não nasceu para estar isolado dos outros. Raramente o procuravam e escassamente o chamavam....e o abracinho mais triste ficava.

Assim, o abracinho começou a questionava-se da sua importância.....porque todos procuravam os irmãos...mas ele, coitadinho, estavam sempre isolado....E isolado, estava triste....e chorava pelos cantos...

Um dia, o pai, O Sr. Amor apercebeu-se do isolamento do abracinho e explicou a os filho:

- tens que partilhar as tuas emoções com os outros, tens que dar mais de ti próprio, abrir o coração e ser sincero no que fazes...E, quando fores solicitado, aperta os outros de encontro a ti, para que sintam o teu calor e a tua importância.

E, assim fez.

Na rua passou a cumprimentar os outros mais e mais, de uma forma amável e sincera....

E, a pouco e pouco, começou a ficar surpreendido com a reacção, porque as outras pessoas passaram a gostar dele, mais e mais....a ponto de, em qualquer encontro casual, o abracinho passar a ser chamado e solicitado em primeiro lugar no mundo das relações e no Mundo do bem estar interior.

E percebeu que tomar a iniciativa ....foi a razão para perceberem a sua importância....

 

13-09-2015

A chave para quem atravessa o deserto...

A vida está sempre a surpreender-nos...positiva ou negativamente...

As pessoas e as expectativas movem-se de lugar para lugar, com frequência...

...E perdemos quase sempre...o que temos diante de nós....

Estamos muitas vezes entre as estrelas, mas não significa que a conheçamos mesmo....

Quem nos deu o relógio?

Passamos o dia à janela....Podemos ter-nos cruzado.........

Atravessamos sempre o deserto a pé....no sofrimento.....

Recusamos ficar sozinhos na ponte....

Os olhares são sempre aguardados no Outono....

Foi alguém que conhecemos...

Não sabemos como chegámos....

Um passo provoca sempre outro....

Por pior que fosse seguimos sempre pensamentos falsos...

As lições são sempre valiosas...mas o sistema de clarividência falhou...

É uma longa viagem...de momentos...

Os grupos esconderam-se....e apertaram o cerco...

Podemos estar na última chamada...

Tantas vidas que se perdem no calor e nas altas temperaturas....na fome e na sede de afectos....

E a  chave que esteve sempre ali....a chave para sair do deserto...chama-se amor e fé, intrinsecamente ligados...

 

10-09-2015

Quando as relações cristalizam....

....a vida não flui.... e a felicidade mora ao lado....

Quando pensamos que o outro (a) está bem....e não está!

Quando pensamos que o outro (a) se sente bem...e não sente!

Quando pensamos que...o melhor é continuar apenas...como se está!

Quando pensamos que ao outro (a) lhe basta apenas ...continuar!....

Quando pensamos ...que basta estar apenas na expectativa...para se ver o que dá!

Partilhar uma vida....não é estar amorfo.....

O ser humano sempre quer..... algo mais....

O ser humano quer sentir o amor em plenitude....

O ser humano quer sentir que ama e é amado....

Mas as relações podem cristalizar!!!

Quando ninguém faz nada ...para mudar!

Quando as pessoas não percebem que é necessário dialogar abertamente....

Ás vezes...basta sentir o toque! Ás vezes...basta sentir que algo não está bem!...Ás vezes basta sentir...que pode acabar ali....

Ás vezes basta tão pouco...para mudar!

Ás vezes ...basta tão pouco ......para as pessoas serem felizes!....

 

03-09-2015

O Construtor da ponte...

Algures no tempo....nasceu alguém....

Alguém que ousou...tentar perceber o código da vida....remar contra a maré...

...alguém que ousou o impossivel...ir para lá do horizonte....ir para lá da própria vida.....

....unir  a terra e o céu, numa ligação indivisível............

...perceber o código da vida....

Uma tarefa julgada impossivel....

Colou poesia no coração...colocou pinceladas de amor em cada movimento....

e colocou um perfume em música de encantar...

Básicamente....quis pensar para lá de si próprio.....

Uma atitude simples e fácil...

As manhãs colaram-se ao anoitecer e a Lua encontrou o Sol....

Não havia espaço no tempo...nem tempo no espaço....

Tudo se diluiu e fragmentou no ideal...

As palavras mágicas que escrevia levaram-no a percorrer o Pôr-do-Sol.... Percorreu montanhas e oceanos...

Descreveu a sensação de amor nas ondas do mar....

Fragmentou cada pedaço da vida num todo invisível...

Deleitou-se no vento que acariciava as árvores...

O verde da vegetação que se une ao azul do céu...

...e mergulhou nas cores da dimensão da vida....

Sonhou e voltou a sonhar....com a verdade e a vida realidade.

Conheceu o amor e quis estender uma flor ao outro ser humano...

Uma flor vermelha em cada gesto, em cada olhar, em cada sorriso...em cada palavra....

O código da vida afinal era tão simples....

...o respeito e o amor....eram as chaves do código.....

O respeito pelo outro ser humano na base de uma vida feliz em amor...

Largar o egoísmo, a ira, a superficialidade, a luxúria, a arrogância, a inveja, o cíume...no poço mais fundo...

........e viver intensamente.....

 

23-08-2015

Uma beleze estonteante... e nada mais...

Era uma vez uma donzela de beleza estonteante....Linda!

Cabelos da cor do Sol. Pele angelical.

Estonteante de cada vez que tocava o vento...em todo o seu ser...

Uma beleza mágica que desconcertava ...Uma beleza que não conseguia viver consigo mesma...

Irradiava uma luz inebriante que hipnotizava...Era tudo o que tinha....

A donzela apaixonou-se pela própria beleza ...quis humilhar as outras mulheres e ridicularizar os homens.

Em lado nenhum conhecemos verdadeiramente...a beleza interior....

Um olhar que fixava......para lá do que vemos....

Esqueceu-se de se conhecer...........

Cruzou-se com a superficialidade....

Quis ser mais bela do que o Sol...Quis transformar a sua beleza em perfume de coração....

Olhos nos olhos sem pestanejar....e enfrentou o Sol!

Mais uma vez...e outra vez!...

O Sol, imperturbável, não percebeu bem o que aquela donzela estava a fazer...e continuou a irradiar luz a calor para todos, como sempre o fez...

Enganou-se a ela própria....

E ela cegou.....sem ter conhecido a vida....

A donzela tornou-se um erro...a luz tornou-se escura... e ela permaneceu errada!...

Retiraram-lhe a única coisa que tinha....

Cegou pela própria beleza....

 

22-08-2015

E se um dia eu fosse o sol?

Fazias sombra ou dançavas ao vento?...

Desafiavas o equilíbrio do deserto?

Mudava algo em ti?

Entusiasmavas-te de verdade com o momento?

Em qualquer lugar do Mundo seria ainda mais difícil...do que em nós próprios....

Faz parte desta vida eternamente.........

Podíamos falar todas as noites....

Interagíamos com a vegetação e criávamos energia.

Alcançávamos o desafio imediato....

Mudavam de opinião e os problemas estariam dentro do Sol? Nada seria um jogo.....

Aprendias o incrível...em cada flor...em cada rio....em cada arvore...

Em cada porta o importante era construído......

Seria bom podermos olhar para o céu....e encontrar as aves...

Seria a luz de volta...

Resolveríamos os problemas que querem desligar...Conseguíamos manter as fases sob controle..

Adaptaríamos a vida à própria luz....Teríamos de fazer a ligação...

Porque.....À noite aqui faz muito frio!...............

Eu penso exactamente o mesmo...............

 

16-08-2015

A carta encantada....

Escondemos o tempo das memórias na orientação do que precisamos.

Não somos nada ou somos muito pouco. Não nos deixaram construir o suficiente.

Porque lutamos e continuamos a lutar desconhecendo sempre como a dor nos afecta.

Adoramos as cores, mas podia estar mais quente.

A carta encantada não provou a virtude. A confusão da sobrevivência esfumou-se nas escolhas que não esperam.

Havia falta de estrelas na noite de Verão. As nódoas do sucesso fecham as portas do momento.

O significado não funciona nos problemas e na esperança. O risco importa sempre no pensamento.

A partilha da situação no risco do coração.

Esperar a fé nas oportunidades que fazem viver a história.

Conseguimos sempre demonstrar na vida o encantamento do amor valorizando o que recebemos.

O rumo que seguimos esbate-se nas personagens sem controle que desconhecemos.

Há sempre uma imaginação obrigatória na fantasia da ideia.

Há sempre uma poesia que interroga.

 

09-08-2015

A última gota de chuva...

A última gota de chuva ficou exausta.

A realidade de um dia no deserto. O sentido de uma visão.

Um grupo de sobreviventes que se prepara.

O alcance de uma oportunidade não se move depressa.

Evitam andar.

A ameaça de um perigo na areia. As cores fáceis de uma presa.

O Sol de uma noite à espera. É necessário nascer e é necessário viver.

Renovar a esperança nos trilhos da seca. Os trilhos vivos de uma casa por alugar.

A aventura a nascer de um Pôr-do-Sol. A característica perdida de uma verdade que queremos.

É difícil escolher uma vida fácil de perigos.

A dureza da vida que se detém na escrita.

É preciso iniciar a experiência.

 

04-08-2015

Não há antídoto para o amor...

Não há cofres, nem armários...

Não há certezas!

Ninguém sabe como é...

O que estava no cofre?

Amar e ser amado...

Sei onde está....

Existe um lugar secreto...

Não se pode julgar!

Os sonhos estão cheios...

Está impresso no coração....

Nunca respondemos ás perguntas...

Parece estar!

Possui sempre um valor significativo...

Sempre temos que descobrir o que está escondido...

Vamos buscar nomes...

Envolvemo-nos...

As portas estavam abertas....

Não explicamos melhor...Ficámos a sentir ...

Já estávamos no caminho...que nunca acaba!

Sentir o que sentimos....

Afinal para que precisamos de um antídoto?

 

31-07-2015

O barco sem rumo...

Um barco pequeno que navega para outra terra.

Alguém não aprendeu a interpretar sinais. Alguém que tapou os olhos e não quis ver.

O vento que parece levar tudo à frente. O movimento. As ondas. A água que mexe e remexe.

Imagens ligadas entre si e que estão ali. Mas não as conseguem ver. Embora estejam ali.

Os problemas das decisões.

O vento trouxe mudanças. O tempo avançou. O barco que navega. E o Sol que se esconde.

Não compreendia o seu papel, para que mudem mais.

Importa que possam escolher a sua vida.

Transmitir a sua mensagem com palavras simples.

O barco sem destino que não olha para trás.

Ponto e contraponto. E o leme que está bloqueado.

E se não voltar?

Precisávamos de espaço.

Nunca viram antes e não viam agora...

Com base no que não conseguiram ver, não decidiram.

É uma forma comum de ver o Mundo....

E o barco que não pára de navegar...

Perdeu o contacto visual. Perdeu a Terra. Perdeu a felicidade.

Não conseguiu ver o que estava mesmo ali à sua frente.

Quando acordou, o barco estava no mar alto, perdido, na terra de ninguém...

Era demasiado tarde para voltar a terra.

 

27-07-2015

Aprisionar o amor...

A sorte de ter...a sorte de encontrar...

Tantas palavras invisíveis...tanta vida a entrar...

Encontrar o que desejaríamos ver...e sentir...

Tudo o que se procura...tudo o que se encontra...

Apanhar o elevador...estender a mão e sonhar...

É apenas o amor...

Ciúmes, medo de perder, medo de errar, medo de mudar...medo de...

O amor na mão e mão no amor...

Mão aberta. Mão a viver liberdade, em liberdade...

O perfume de quem tem e deixa de ser....

Convencer-se que era demais...que não merecia... que não era seu...

Amor total,, amor verdadeiro, amor simples...

A mão e o amor tornaram-se erros eles mesmos...

A pressão, o medo e o pânico....

A mão que o viu, a mão que o sentiu...a mão que o segurou...foi a mão que o prendeu e aprisionou...

O amor , entrelaçado e asfixiado por entre os dedos fortes...

Fazer uma escolha sem resposta algures...

A mão que apanhou...foi a mão que fechou...

O tesouro que tudo teve...desviou a atenção....

Encontrou a importância de não ser....

.....e… ficou na imaginação...

 

25-07-2015

Antes que anoiteça...

O Sol torna-se menos intenso....

O vento bate feroz..

Desistir não é opção...

Alguns procuram o que poderiam esperar...

Outros, ao fim da tarde, levantam voo até atingir grandes altitudes...

A recompensa vale o risco...

Quando o calor se esvai, as gotas de chuva sorriem ao vento...

Na calada da noite surgem personagens no cenário do último nevoeiro...

Ficam quietos ao fresco da noite.

Ao longo da noite gelada, darão início ás recordações.

A felicidade é possível através da sabedoria, da adaptação e da criatividade.

A noite chega ao fim...

Não conseguem filtrar a informação do que os rodeia..

De onde vem o amor que sustenta a vida?

Duas forças irresistíveis...

 

23-07-2015

Vamos enfrentar a chuva....

É a cláusula impossível.

Vamos molhar-nos...

Essa parte agrada-me muito.

Não tem importância.

Permite andar à chuva.

Ouvimos bater na janela.

Todas as tentativas têm falhado.

Aumentamos a luz do Sol, na tentativa de vislumbrarmos o que procuramos.

A ironia é porque é que escolhemos...

Conheço alguém que também acenou.

Somos tão generosos com o tempo....

Estou completamente seco.

É o propósito da vida....

Estamos a tentar encontrar a causa.

Nem sempre temos aquilo que queremos...

Ninguém esperava isto.

Não tenciono andar mais.

 

05-07-2015

Nem sempre as nuvens se abrem...........

Acredito que adoras soluções fáceis…

Não quero continuar a ser o que era…

A questão é: O que vamos fazer?

Nem sempre as nuvens se abrem…. Nunca irão afetar o seu número, porque elas são imensas….

Ele tem tempo para se aperfeiçoar… Ele não pode deixar que corra mal…

Podemos mudar misteriosamente.

Durante a estação seca, poucas árvores dão frutos…

Os seus frutos estão totalmente maduros…. Dão frutos e flores ao mesmo tempo.

É para lá que eu vou?

Sobreviver às mudanças drásticas?

Simbolicamente havia a poeira do passado a pintar as cores do presente…

São imensas cores para o desconforto de uma disposição…

Tudo depende da chuva….

O amor cria correntes intensas e poderosas. A água, nessas alturas, cai invulgarmente em cascatas de ilusão…

As flores saberão quanto tempo têm que perfumar a beleza de uma paisagem.

Durante um momento o vento não soprará…

Mas a floresta não acorda do calor....

 

25-06-2015

A luz não entra na casa que tem a porta fechada.......

Como tudo o que aconteceu... implica mudar! Perdeste muita coisa....

É este o teu problema.... Já fiz esse erro antes...

Vais trazer-me o que falta?

Ouvi falar muito disso....

Diz à sombra que estou a caminho........

Já percorri esta estrada milhares de vezes......

Onde é que estamos?...

Não consigo.... avançar...

Estou a tentar acompanhar-te

Demoraste bastante....

A minha flor preferida.....

Quero ouvir-te dizê-lo.....

Vemo-nos por aí.

O que não está errado?

Fascinante.

Isto ainda não acabou.....Ajudo-te no que for preciso....

Abre a porta para poder comunicar..........

Um dia, serás como eu serei....

És a minha inspiração...

 

24-06-2015

Escolheram as horas ao acaso......

Ele sabia que tinha que fazer mais do que salvar-se a si próprio.

Trocar ideias, pensamentos e palavras.

O desaparecimento de pensamentos de amor é um processo silencioso.

Ver o que temos que fazer a seguir....

Porque no jogo que criámos quem manda é sempre o mais forte.

Esta necessidade de sentir a vida e tocá-la…

É o que temos por descobrir...

Quando a vida começa a deixar de nos proporcionar o que nos oferecia, perdemos a vontade de continuar. A maioria de nós depende de qualquer coisa que nos aconteça agora.

O lugar central das nossas vidas é uma correria,,,

Ensinou-o a andar e agora vê o Mundo passar.....

Usavam flores para quem acordasse.

Não havia espaço suficiente.... É o local onde a terra encontra o céu....

Também estão por determinar. Não é o que parece..........

Viver é estabelecer ligações....

Só quero que seja quem é....

Que horas são no teu relógio?

Escolheram as horas ao acaso...............

 

21-06-2015

Um destino a cumprir..........

A verdade virá à superfície e prevalecerá… Sabes tão bem quanto eu o que se passa aqui…

Queres saber o que está do outro lado?

Vais saber quem és…

Traz-me um sonho.................................................

................................................................................

É necessário ter uma grande capacidade para estar sempre disponível quando precisam de nós….

Vivemos eternamente no jogo de atribuir sempre a culpa aos outros…

Ficarmos aqui e lutarmos… É a única maneira de chegar ao caminho.

Tens um destino a cumprir. É assim que deve ocorrer..............

Julgo ter respostas para tudo, mas não podes alterar o sistema.

Também sei algo sobre quem és… Os nossos futuros dependem da tua vontade de moldar o futuro. É maior do que isso. Para mudar o futuro.

Que foi? Tornar o Mundo melhor. Tem história.

A desigualdade do sistema é o problema major. Há sempre alguém a querer manipular o sistema e a querer controlar as pessoas.

Prepare-se para as mudanças que aí virão…

Podemos ir naquele caminho?

Nem sabia que isto existia.

Tinha um dom único.

 

14-06-2015

Sabes o que é um rio de amor?...

Em palavras, em atitudes, em emoções e acções...

Um rio de águas calmas e serenas, de bem estar, com afectividade em cada gota...

Que flui livre e sem máscaras...

Num idílio de correntes e um Sol imenso..

Uma corrente de afectividade em cada gesto, em cada palavra...

As margens estão preenchidas pelo respeito pelo outro ser humano...

A água tranquila que não ultrapassa os limites...

Um rio que corre para casa...que precisa de atenção e verdade...

Um rio que corre sempre...e se sente bem...

Um rio que cresce na partilha...

Um rio que adivinha e vence nas boas notícias..

Um rio que acontece, sem exageros...porque se encontra.

Um rio que mesmo nas águas agitadas...não transborda....

Sabes o que é um rio de amor?....

 

10-06-2015

O Homem Que Semeava Felicidade...

Na Terra do Nunca, o caminhante encontrou o Sol....

Um Sol radiante que penetrava nos cantos mais escuros..

As aves esvoaçaram sem parar...

Tudo não mudava...

Mensagens de amor que se diluíam para lá do silêncio...

As pessoas espreitavam a vida, nos muros do Sol imenso....

Desenhando desejo em cada emoção....

O toque do vento ressoou em cada passo sem destino...

Perderam-se a pensar...

Existe sempre a luz a indicar-nos o caminho....

Aproximamo-nos do arco-íris....

As florestas de nuvens decompõem constantemente a superfície do que nos rodeia. E não percebemos onde termina o nosso território.

Existe uma aprendizagem contínua para quem vive na encosta...

mas haverá sempre mais pessoas a disputar o mesmo espaço e a mesma luz...

Outras pessoas transportam sementes para o essencial...mantendo as florestas vivas...levando a uma existência plena.

Há sempre momentos vulneráveis, que nos dispersam do caminho e do local...

Mas o mar nunca deixa de ser imenso....

As nuvens procuram respostas para preencher os vazios do céu.....

 

28-05-2015

A mágoa e o ressentimento... como prisões dentro de nós....

Na dor... no sofrimento.....

Um exercício constante que condiciona....

Um espaço interior criado e preenchido por nós....

Numa verdade... num brilho incandescente por desenvolver e ver... um caminho por conquistar... a fazer....

Numa transformação interior necessária que nos eleva.... numa escalada que abre portas.... podemos ver o SOl.

Estes condicionamentos são veredas..... que nos impedem de ser livres e de ser felizes....

São ressentimentos e mágoas... que nos subtraem energia...

A fonte da vida que nasce em nós... num brilho por polir....

Porque queremos encher desmesuradamente um espaço interior..... tão necessário por preencher e reservado para o amor e a verdade?

Não sabemos parar!

Não sabemos reflectir.......

A um passo... a uma mão de algo... de uma desculpa... aferramo-nos num orgulho insensato ... e despimos a felicidade!

 

27-05-2015

A cor das palavras....

Na dor......... na saudade...... e na lembrança....

A liberdade na dor... a cor da própria dor....

Em cada dia,em cada noite, que não volta.......

O livro que dedilha páginas.... sem cessar...

O vento que oferece o coração.....

Palavras furiosas de paixão....

É noite... é dia... é um rio que não pára!

Apenas as árvores permanecem estanques...

A dor sente-se nas palavras... Não ouvimos, não sentimos....

Lágrimas de mar.... que não secam....

O vento sopra nas juras do nunca mais....

Nunca aprendemos a ver a beleza para lá das montanhas....

É um céu.... é uma cor...

....Nas palavras, ás vezes, há tanta dor............

 

24-05-2015

O vento da cor do mar....

Na festa do horizonte do olhar.... acreditaram....

Ãs mãos entrelaçaram-se sem parar, num novelo de amor...

Levantaram-se as gaivotas... esvoaçaram as asas do desejo....

E permaneceram imóveis ao vento, ao SOL e à vida....

Marcaram-se números..... agitaram-se vontades....

.....E os sorrisos que sairam da escuridão....

A vida agitou-se no castelo das emoções, por querer.... por sonhar.... por não ter ou ter...

Cores, números e canções.....

Quem as ouve?.... Quem as sente?

O que existe para lá do amor?....

A felicidade existe.........

.............................. alguém sabe que sim.....

No brilho do mar e no sorriso das crianças.......

Na inocência e na bondade......

A felicidade existe .......

...................... alguém sabe mesmo que sim..........

No vento, todos procuram e poucos encontram......

São portas que se fecham..... num abrir do dia.....

São dias que se abrem......... em portas que se fecham.........

Alguém ouve o mar no vento que passa?.........

 

07-05-2015

O rio das boas vontades.......

Não são peixes que espreitam.... São flores que se divertem no rio...

Olhos que cintilam ... entre salpicos de água fresca.....

No brilho da vida.... esvoaçam atitudes.....Ofuscadas pelo deslumbre..........

É um Mundo que corre em águas opostas...

São linhas suaves que percorrem a beleza de um ser deslumbrado pela luz do Sol...

São pedras, Senhor!..... Muitas pedras no caminho......

São barreiras intransponíveis......

E a água que suavemente....... aprendeu a desviar-se..........

Aparentemente é tão simples...........

Então porque será tão difícil ver para lá das aparências?.....

São jardins perfumados ao longe... que se divisam mal no horizonte....

Olhos que sentem... a dimensão dos erros........... na luz dourada das estrelas...

De olhos vendados... a luz é tão intensa... que dói........

Olhos que se fecham ao amanhecer...

Por entre o vento.... sentir.... um instante...

Olhar as árvores, por entre o coração inquieto....

As árvores permanecem imóveis no silêncio....

Horas e horas de silêncio...... para lá da vontade.......

O rio continua a correr no silêncio...

São tão lindas as flores ao luar...

O Eu que vive em si nos braços do Nós....

Os peixes continuam imperturbáveis........

Apenas a luz navega contra a corrente............

 

04-05-2015

Uma flor amarela e azul?

No meio do amarelo... nasceu uma flor...

Ninguém teria pensado... que o amarelo não seria a cor amarela...

Quando se olha para o jardim....

.....................................as pessoas só conseguem ver.... o amarelo....

Os homens pensaram que o vento não produzia flores......

Mas enganaram-se!... Até o vento se enganou!......

Ou seja, uma flor pode nascer da realidade ou da ilusão....

Habitualmente.... pensamos que é realidade, mas podemos estar apenas perante a ilusão....

Mas continuamos a crer... que o amarelo é a realidade, mesmo sendo apenas uma flor....

E o Sol que não deixa ver a flor azul...........

Na paleta da vida, as cores misturam-se.........

E na realidade?... Talvez?... Nem sempre?....

Na paleta do amor, as cores quentes absorvem a ilusão e perdem a realidade....

E se as cores não se misturarem....

....................................no fernesim do dia a dia?

Que quadro vamos conseguir pintar?

Uma flor?..................

 

01-05-2015

Para além do Pôr do Sol....

Esperei...

em cada gesto,

em cada olhar...

...o que sinto,

....o quanto...

Esperando por ti....

.......e tu não vês....

 

Em cada sorriso,

em cada palavra

..........o quanto!......

............

.......e tu não sentes.

.......ou não qureres ver...

.......ou não queres saber

simplesmente....

 

Em cada luz....

.....o quanto!.............

 

O toque...

........tanto........

........fogo....

da cor do Sol,

......como tu,

.......como eu....

 

Um dia mais.....

......uma noite mais..............

.......e não consegues ver o Pôr-do-Sol............

 

25-04-2015

O ponteiro da felicidade aponta sempre para...... o amor!

A humanidade esforçar-se sempre por querer eliminar a guerra... com a guerra....

A Sociedade teima sempre em responder na mesma moeda ao desamor, ao ódio e à violência....

Mas a bússola da felicidade... está virada sempre para o mesmo centro magnético..

Quando a vida é escuridão.... a agulha está lá sempre a apontar o caminho.... mas nós não a vemos....

Quando a vida são obstáculos e mais obstáculos....

Quando os genes do ser humano nos apontam o caminho oposto.... a bússola da felicidade está sempre a apontar para o amor...

Não percebemos que esse é o caminho....

Não queremos ver que esse é o caminho.....

Quando ao lado as pessoas respondem à violência com a violência.....

Como podemos entender que o caminho certo é o oposto?

Como podemos perceber que o ser humano tem errado e continuado a errar?

Quando reina a desarmonia e a injustiça, como podemos perceber que o caminho... é o Bem?

É difícil de explicar a quem sofre imenso que o caminho... é a luz?

É a transformação que nos permite ver na escuridão....

É a solução....

É o caminho....

É a luz....

Mas o ser humano prefere frequentemente o caminho oposto....

Não gosta da serenidade do mar.... Prefere o deserto...

A vida deveria ser.... saber aproveitar a vista maravilhosa...

A vida deveria ser simples e fácil...

A vida deveria ser uma paz interior permanente...

Mas o ser humano prefere achar que o espaço interior é pequeno.... e prefere o exterior...

Deveria haver uma porta misteriosa.... que nos dissesse... que não se devem desperdiçar espaços...

Deveria haver uma porta misteriosa que nos permitisse deixar entrar a luz....

O nosso espaço interior está frequentemente muito escuro..... e não sabemos criar janelas para a luz entrar....

Nem sabemos que estamos numa casa flutuante..... e que o sonho esta sempre por se realizar...

A bússola não aponta a agulha para os detalhes.... aponta para cima....

 

25-04-2015

Abrir o coração....

Encontrar o lugar e sonhar....

Escutar o silêncio...

Pedir a vida... Uma súplica, uma pintura... uma canção, um raio de Sol....

Escutar o teu silêncio.... nas páginas em branco....

Abrir o coração em teu estar... páginas de azul do céu...

Querer viver em plenitude.... e saber que é possivel ser feliz...

Ver a realidade..para lá do visível...

Abrir o coração.... e sonhar... sentir a vida em nós... sem fingir o olhar....

Saber de nós... escutando o silêncio... na chave que abre a realidade

Para ser feliz... abrir o coração... olhar para a vida e conseguir ver... em cada página de um dia...

Olhando o Sol... e abrir o coração...

Sentir a chuva.... e abrir o coração....

Estar para lá do que vemos... sentir para lá do coração...

Por querer estar... por querer viver... por querer ser.....

Abrir o coração e esperar.... o melhor.... entregar o desejo numa noite...

Horas de vida... que esperam o sabor do amor...

Acordar, mostrar quem somos... e brilhar na luz...

Porque não vemos verdadeiramente com o olhar..., mas com o coração....

Porque não sabemos ver, porque não conseguimos ver...

A chama que brilha na fogueira do anoitecer...

A força de um querer mais no amor... e na vida....

E esquecermo-nos de nós próprios.....

Abrirmos o coração... e termos a oportunidade de crescer.... Construirmo-nos a nós próprios.... na relação com os outros....

 

24-04-2015

A vida não tem que ser amargurada.....

A vida é ela própria....

Não poderemos escapar ao sodrimento e à dor.... O sofrimento existe... é real.... está lá....

É possivel identificar as alegrias e os momentos maus da vida....

Uma coisa são os acontecimentos em si mesmo... outra coisa é a interpretação que nós fazemos....

Duma maneira geral vivemos obecados pelo problema e não pela procura da solução....

A chave do segredo determina o que sentimos....

Duma maneira geral complicamos.... quando devemos simplificar.....

E a alegria de viver que se escapa entre os dedos.....

Somos nós... sobretudo nós que.... não produzimos amor em nós e nos outros....

Somos nós que desanimamos... que não temos esperança... que não temos fé,....

E os acontecimentos que vivem por eles próprios....

A realização da cura há-de acontecer..... na mudança de atitude....

A alegria de viver está sempre lá.... nós é que não a vemos.... e, sobretudo, não a conseguimos envolver...

A reprogramação mental.... faz que possa acontecer mesmo....

Poderemos mesmo escapar ao sofrimento..... na liberdade interior que encontra o caminho...

Tocar o amor e não esquecer....

Tocar a vida em cada gesto....

Porque a alegria de viver.... nasce em cada experiência de vida.....

 

27-03-2015

Espelho meu...

Um livro igual... A folha de uma árvore que escreve um poema... no esvoaçar... de um vento qualquer...

Espelho meu... que significas num olhar.... num sorriso... num olá....

Pensamentos que avançam lentamente... mas rudemente... num espaço interior.... numa realidade que se aproxima...

Sem fazermos nada... os pensamentos chegam e partem...

A estrela distante sorri junto a mim... numa palpitação infinda... que caminha pela vida....

Saber quem somos... uma entrega sem limites.... que tudo pode...

A versatilidade da vida em cada momento.... improvisando e fluindo....

O amor não tem medo do amor....

A luz existe junto à escuridão......

Os opostos também vivem em silêncio... num espelho...

A serenidade das palavras que se transformam em abraço... A palavra que inicia uma viagem para longe de ti próprio... quando queremos possuir...

Onde está o farol da vida?

Nunca se consegue ver a totalidade da caminhada......

Estaremos sempre aqui... muito além do pensamento... vivendo o essencial

Saber quem somos...

Não existe um único caminho.... no espaço de conhecimento para o coração....

 

05-03-2015

Era uma vez uma Nuvem que se deixou levar pelo vento....

Porque é... Porque quis sobrevoar planícies e serras... percorrer quilómetros e vida...

Ser chuva... ser tormenta...

Era uma vez uma Nuvem que se deixou levar pelo vento.... Contra o SOl... Contra a luz.... Apenas porque quis.....

Não chorou sequer... nem sorriu também....

Sentiu um apelo do coração e voou... caminhou pelos socalcos do vento agreste... embateu contra montanhas e dor...

Não quis voltar atrás… ninguém ouviu... ninguém viu... Ninguém sorriu

Só ela... imperturbável... Nuvem passageira ... que se tornou uma ave...que posou suavemente nos braços do vento e suspirou... sem olhar para trás....

A flauta mágica sorriu e colocou música nos movimentos da Nuvem... que nem olhou..

O Sol salpicou de alegria... as emoções saltitantes da Nuvem.... e ela nem notou...

O coração aqueceu a dança da vida da Nuvem... e ela nem sentiu

A nuvem partiu..............

 

19-02-2015

É possível estar sempre feliz.....SER FELIZ!

É possível ser feliz... É!

A felicidade não depende das circunstâncias exteriores...

A felicidade depende de nós próprios... da nossa capacidade de estar em silêncio com o nosso EU... e aprendermos que a vida é feita de oportunidades e obstáculos.... que a vida é feita de encontros e desencontros...

Ser feliz... é um estado de ser... ter o coração cheio de compaixão e amor....

Ser feliz é ser uno com a totalidade...

Ser feliz é estar conectado com a existência...

A vida não tem manuais, nem regras predeterminadas.... A vida é uma aprendizagem em contínuo… mas sobretudo não deixar de caminhar

A vida é saber fluir com a própria existência...

Ser verdadeiramente feliz é possível... perceber o propósito do coração… viver intensamente… viver apaixonadamente...

Saber viver a autenticidade da vida...

primeiro cada ser humano tem que encontrar o caminho, o seu próprio caminho... e caminhar....

É uma pena não conseguir encontrar o próprio caminho....

a busca nunca pode estar no exterior... A verdadeira busca está dentro de nós...

Perceber o que é... e quem é.... e conseguir abandonar o EGO....

Estar feliz sempre... na dimensão do tempo, saber dissipar... o que a vida não necessita...

Saber o que é essencial....

Perceber verdadeiramente o que é a vida... e qual é realmente a nossa missão na vida...

Ser feliz sempre.... quando se percebe que há coisas que não dependem de nós...

No entanto, perceber que há coisas que dependem só de nós....

Estabelecer a diferença.... e não viver condicionado pela opção errada dessa situação....

 

05-02-2015

Saber viver no ENTRETANTO..............

A vida, às vezes, dá-nos tudo... e, outras vezes, tira-nos tudo.....

O problema é que, demasiadas vezes, não aprendemos e não sabemos viver no ENTRETANTO.....

No Entretanto... o ser humano habitualmente fica inquieto, sem paciência..... É o período de tempo onde os medos e as dúvidas nos invadem e inundam.... e onde nos precipitamos comummente em atitudes e escolhas erradas...

Não sabemos esperar...tão somente....

Deveria ser um período de reconstrução... o espaço de tempo onde o trabalho interior deveria ser intensificado... de modo a percebermos onde errámos anteriormente  e quais as soluções mais indicadas para nós... e trabalharmos.... trabalharmos afincadamente.... exactamente como se a nossa felicidade dependesse disso...

Mas não... habitualmente....

Preferimos não estar só a todo o custo... preferimos ter uma companhia custe o que custar... preferimos que alguém nos preencha o vazio que existe em nós..... preferimos não valorizar o que temos..... preferimos evitar o Bem... preferimos ser egoístas e superficiais... preferimos não ajudar os outros... preferimos não aprender a amar...

Desperdiçamos o tudo, de um modo geral, porque não o valorizamos.... e não sabemos viver no Entretanto.....

Assim se desperdiça grande parte da vida......

 

05-02-2015

O amor habita em cada coração que corre......

O amor habita em cada coração que corre... Porque não estagna, não deixa de acreditar...

Elevando-se à harmonia em cada gesto, em cada palavra, em cada sentimento.....

porque em cada sombra existe sempre o brilho de uma luz... que demasiadas vezes escapa à contemplação....

Uma paz interior que se eleva cada dia mais alto... sempre que o coração corre...

Porque dentro de cada um... descobrimos o significado profundo e o propósito que nos guia e nos inspira....

Acreditando que construímos uma nova casa através das várias experiências desagradáveis, num fluxo de negativismo incessante.... crescemos em sabedoria e esperamos a beleza dentro de nós, de coração aberto....

Os nossos inimigos existem apenas dentro de nós próprios, na nossa própria mente...

A verdade perde-se no caminho... ficando em silêncio... e conhecemos o fim...

A alegria não cresceu na vida.... sempre que a atitude é ficar imutável.... à espera que os outros resolvam os nossos problemas e façam as escolhas por nós.... Necessariamente, que a vida assim não fluirá dentro de nós.....

A luz envolvente na transformação da realidade... desafia o poder que existe nos medos, nas dúvidas, no ressentimento e na ira....

O coração que corre.... que não desiste de acreditar.... não tropeça nos medos.... e não dissipa a luz.....

 

24-01-2015

Há momentos em que nos sentimos verdadeiramente sós..........

São momentos difíceis na vida....

É verdade que nos temos que centrar em nós próprios... É verdade que temos que aprender a amar, sempre, em contínuo, independentemente das circunstâncias...

É verdade que o segredo da vida é o amor...

É verdade que só amando intensamente cada momento da vida, vivemos verdadeiramente...

É verdade que sem amor... a vida não tem sentido...

O caminho do amor deverá ser vivido sempre em paz e alegria...O caminho do amor estará sempre ligado à superação do desejo e dos medos... A paz interior estará indissociavelmente ligada a esta superação... Saber superar os nossos desejos e os nossos medos…

O caminho do coração volta sempre para a nossa própria experiência...

O caminho somos nós mesmos....

A arte de amar deveria ser o propósito básico e essencial da vida...

Mas viver o amor... avançar no caminho da descoberta... encontrar o significado do amor.... é o resultado da profundidade da experiência...

Perceber o significado de cada palavra, em cada gesto, em cada olhar...

Não é só um pensamento, não é só uma acção, não é só um sentimento...

São experiências de amor no entusiasmo do coração...

Mas há momentos em que nos sentimos verdadeiramente sós.... em que ninguém parece gostar de nós.... em que ninguém parece existir para nos abraçar... em que não existe ninguém para nos sorrir...

Nesses momentos, nesses dias.... apetece fechar os olhos e esperar que o amanhã apareça....

Para lá do muro existe sempre o desejo do amor…

 

12-01-2015

O amor é complicado....

O amor não é complicado em si mesmo, mas os seus interpretes...

O amor dá-nos conhecimento. Permite-nos ver aquilo que não víamos...permite-nos sentir aquilo que não sentíamos...

Permite-nos ser felizes.... encontrar um sentido para a vida...

O amor é entendido pelos seres humanos no binómio dar e receber... E aí está o verdadeiro problema!

Seríamos todos felizes se o amor fosse entendido só na área do Dar! Dar amor e ser feliz!... O amor incondicional...

Mas o ser humano complica tudo!... Porque quer sempre receber e, na maioria dos casos até, quer receber e não dar!..

O amor é complicado... porque estamos sempre a tentar encontrá-lo, vivê-lo e senti-lo.......... permanentemente............ quotidianamente... sem obstáculos......

Queremos sempre... porque encontrámos a luz...

Mas, às vezes, o amor, como o mais belo dia de SOL, pode ter dias de nevoeiro.... Nesses dias, temos muito pouca visibilidade.... fechamos o coração e asfixiamos a vontade...

... Os intérpretes são ofuscados pelas luzes intensas...

O amor dá-nos asas para voar.....mas habitualmente nós cortamo-las....

 

10-01-2015

A insegurança, a incerteza e o medo....

A certeza não existe....

O caminho da felicidade faz-se pela mudança... Conseguir livrar-se de padrões de velhas atitudes e comportamentos... Conseguir livrar-se de pensamentos errados....

O caminho da felicidade faz-se pelo sentimento..... O único caminho da felicidade é o amor....

A necessidade de limpeza do sótão das velhas ideias e crenças....

A disponibilidade de abrir o coração.... o saber o que se quer.... e a coragem de lutar para ser feliz.... contra tudo e contra todos...

Porque o caminho da felicidade é único...e curto...

Dar sentido à vida.... na profundidade do que sentimos...

Experiências insuportáveis... não nos fazem crescer... Os resultados errados só nos fazem crescer se forem usados com sabedoria...

O preço que pagamos dos nossos relacionamentos reflecte-se em cada passo da caminhada...

A paciência para saber definir e sentir o amor... Só podemos caminhar pelos nossos meios…

Acreditar que não está nada errado em nós...a não ser a maneira errada de pensar...e não acreditar que é possível!...

Viver com o medo certamente não fará ninguém feliz....

A confusão mental instala-se frequentemente na caminhada.... criando obstáculos....

O amor conserta a vida em cada acto...

A espera para ver a luz em cada acto de coragem... Escutar e observar o amor....

O amor sempre foi e sempre será a única coisa que precisaremos...

Deixar de ser um mero participante passivo na vida... à espera de milagres..... mas acreditar em si próprio, como um participante activo

Que resposta darás ao sonho... pela falta de coragem?

As preocupações... precipitadas nas oportunidades da vida....

Perceber a disfuncionalidade das emoções tóxicas.... Acções que não estabelecem pontes...

Perceber o que quer, o que sente, o que deseja... o que é!

Decidir o que está certo e errado.... Descobrir o medo....

Interagir com o próprio medo.... e perceber onde o amor dói...

Viver como resposta...em cada experiência...

 

04-01-2015

Estivemos aqui por um instante....e partimos....

Houvera nascido... houvera vivido...Por um instante apenas....

Foi tão pouco...

Pensámos que seria muito... mas enganámo-nos....

O tempo passou rápido.... e nós não aproveitámos....

Queríamos ser.... queríamos ter.... mas não o fizemos...

Adiámos sempre... Passo a passo... para o ano... para depois....

Quisemos o Mundo.... quisemos muito... quisemos até o que não queríamos e perdemos...

... na voracidade do tempo.....

Perdemos até o caminhar... perdemos a vontade de crescer

Porque não quisemos ver... que a vida era apenas.... um instante....

Porque desperdiçámos... porque parámos?.... Continuamos à espera...

Não vamos desistir... nem vou deixar que desistas....

É o que há de significado na vida...

Quem sou eu para me queixar?.......

Não voltaremos a ter outra oportunidade... por um instante....

O tempo é curto... e desperdiçámos....

Não era um jogo... era a vida....

Aceitámos... parámos de dar luta....

Quem dera poder dizer o que sentimos....

Afinal a vida não é só isto...

Estamos apenas a enganar-nos....

 

Posts 1 a 10 de 43

 

Seguinte Último

Voltar