Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

O que somos realmente....

[ 04-03-2017 ]

O que atravessou a dúvida, que significava o que era a imaginação a bloquear o caminho, esperou o momento triste que chama, na porta a dizer que o princípio de vida partiu melhor para dizer a verdade que escolhe a identidade na viagem.

A chave que parece o que poderia ter, acontece na realidade que se passa onde estamos, no que sente a direção na oportunidade que se trata e sente mostrar algo que iniciasse a reflexão.

- Não sabia o que era, nem fazia ideia.

Um refúgio que necessitava para marcar a diferença, na forma de chegar à mudança como pensamos.

O que somos realmente mostra a forma como respondemos aos acontecimentos.

Partiu como destino encontrar-se na intimidade que chegou a dizer quem era.

Entre o papel que desempenha a tarefa e o alcance que podem criar os limites, perdemo-nos na análise das formas do coração e de amar.

- No entanto...

Vai demorar algum tempo a encontrar as palavras que precisava, nos instantes que beijam o incompreensível.

Descobrir a razão que merece um beijo, que levou ao atraso, de conhecer o tempo que foi o que pode ser, no que pode chegar a preocupação.

 

Voltar